Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

MINÉRAL 89 30ML DE R$119,90 POR R$99,90. APROVEITE AGORA

Sulcos faciais: como prevenir e tratar rugas como 'bigode chinês'? Dermatologista explica!

Você já ouviu falar em 'bigode chinês'? Conhecido também como sulcos faciais, essas rugas podem ser prevenidas com cuidados simples
Você já ouviu falar em 'bigode chinês'? Conhecido também como sulcos faciais, essas rugas podem ser prevenidas com cuidados simples

Entrevista com Dra. Juliana Jordão, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Mais conhecidos como “bigode chinês”, os sulcos faciais são rugas que se estendem do canto do nariz às extremidades dos lábios, conferindo uma aparência mais envelhecida ao rosto. Mas, será que é possível prevenir e tratar essas marcas na pele? A fim de esclarecer essas dúvidas, o DermaClub conversou com a dermatologista Juliana Jordão, de Curitiba. Olha só!

As causas dos sulcos faciais e quando costumam surgir

Essas rugas surgem na pele por conta de alguns fatores. “Os sulcos podem ser incentivados por uma intensa perda de peso, pelo envelhecimento e por características genéticas”, explicou a médica. Estas marcas costumam surgir a partir dos 30 anos e os mais conhecidos são o “bigode chinês”, “as linhas de marionete” - que vão desde a boca até o queixo - e o sulco lacrimal, na área das olheiras.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Os sulcos faciais, como o ‘bigode chinês’, podem ser evitados com alguns cuidados

De acordo com a Dra. Juliana, geralmente, há uma propensão individual aos sulcos, mas alguns fatores podem precipitar o aparecimento, como uma grande perda de peso. “Portanto, evitar emagrecer de forma rápida e excessiva é uma atitude que auxilia na prevenção dessas marcas na pele”, esclareceu, enfatizando que a exposição solar excessiva degrada as fibras de colágeno e deixa a pele mais suscetível ao aparecimento de rugas.

Para quem já possui sulcos no rosto, existem algumas formas de tratamento

Segundo a Dra. Juliana, a principal forma de tratar essas rugas também é com preenchimento com ácido hialurônico. “O ativo promove a sustentação da face, além de tornar os sulcos mais rasos. Equipamentos como ultrassom microfocado e radiofrequência também auxiliam em sua redução”, indicou.

Além disso, é essencial manter uma rotina de cuidados com a pele, utilizando dermocosméticos anti-idade com ação volumizadora, que melhoram preenchimento, luminosidade e maciez do rosto. Invista em ativos como o ácido hialurônico e o Pro-xylane, que favorecem uma melhora na elasticidade e firmeza da pele..

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 17 de Novembro de 2017
Modificada em: 23 de Maio de 2019

Dra. Juliana Jordão

Palavra do Dermatologista

Dra. Juliana Jordão

CRM: 23783

Graduada pela Faculdade Evangélica do Paraná e especialista em dermatologia pelo Hospital Universitário Evangélico de Curitiba e em Clinical Fellowship em Laserterapia na Bélgica. É membro Titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. Atualmente ministrando aulas de Laserterapia e Cosmiatria nos Congressos Brasileiro de Dermatologia, de Cirurgia Dermatológica, Simpósio Anual de Cosmiatria e Laser, entre outros. Além de aplicar treinamento em Fotodermatologia para outros médicos dermatologistas em diversas cidades do Brasil.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Vitamina C, ácido hialurônico, ácido glicólico... Quais substâncias podem ser usadas no sol e na praia?

Vitamina C, ácido hialurônico, ácido glicólico... Quais substâncias podem ser usadas no sol e na praia?

Dermatologista

Vitamina B3 (niacinamida): o que é? Conheça a substância e o que ela pode fazer pela sua pele

Vitamina B3 (niacinamida): o que é? Conheça a substância e o que ela pode fazer pela sua pele

Rosto

O que são peptídeos? Conheça os poderosos ativos que atuam na perda de colágeno

O que são peptídeos? Conheça os poderosos ativos que atuam na perda de colágeno

Rosto

Cafeína para a pele: da proteção solar ao combate à celulite, descubra 3 benefícios surpreendentes

Cafeína para a pele: da proteção solar ao combate à celulite, descubra 3 benefícios surpreendentes

Rosto

Protetor solar com cor: qual é o melhor para o seu tipo de pele? Conheça as opções e como adaptar o tom

Protetor solar com cor: qual é o melhor para o seu tipo de pele? Conheça as opções e como adaptar o tom

Rosto

Queimadura solar pode se tornar uma mancha? Dermatologista esclarece o assunto

Queimadura solar pode se tornar uma mancha? Dermatologista esclarece o assunto

Dermatologista

Últimas Matérias

SOS lábios: cuidados e procedimentos para deixar a sua boca ainda mais bonita Os riscos da limpeza de pele excessiva: efeito rebote, irritação... Confira os principais Óleo de Melaleuca (Tea Tree Oil): para que serve? É seguro? Quais os benefícios para a pele oleosa? 4 produtos com textura leve para a pele oleosa: do gel de limpeza ao sérum Rotina de pele oleosa para clarear manchas de acne: passo a passo para uniformizar o tom da pele Água termal no tratamento da psoríase realmente funciona? Confira a opinião de uma dermatologista
Ver mais