Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Tenho pele sensível, que procedimentos estéticos posso fazer? Peeling, limpeza da pele, depilação... Confira!

Tem pele sensível? Saiba que procedimentos estéticos você pode fazer / Foto: Shutterstock
Tem pele sensível? Saiba que procedimentos estéticos você pode fazer / Foto: Shutterstock

Redação por Livia Dambrosio

Quando falamos de pele sensível, logo pensamos nos sintomas mais comuns desta condição - manchas vermelhas, coceira, queimação e repuxamento do rosto. Por conta dessas reações, quem apresenta essa fragilidade, acaba se abstendo de alguns hábitos, uso de dermocosméticos ou procedimentos estéticos com medo da pele apresentar algum comportamento diferente. Mas afinal de contas, o que pode e que não pode ser feito em quem tem sensibilidade cutânea? O DermaClub fez uma lista com tudo o que é permitido e proibido nesta situação. Confira!

Depilação a laser, com cera ou lâmina: pode ou não pode?

Pode. Porém, como a pele costuma ficar ainda mais fragilizada após o procedimento e com risco de reproduzir uma foliculite, é importante tomar alguns cuidados antes e depois da depilação. Sendo assim, o ideal é higienizar a região com sabonete ou gel de limpeza neutro sem parabenos, álcool ou perfume na fórmula; borrife um pouco de água termal para evitar qualquer irritação; por último, aplique um hidratante com ingredientes suaves, como a manteiga de karité, glicerina e a nicotinamida (vitamina B3).

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Banhos quentes: pode ou não pode?

É bom evitar. O banho quente até pode ser relaxante e aquecer o seu corpo nos dias frios, mas para a pele sensível, não traz benefícios. Tomar uma chuveirada nessa temperatura, deixa a região avermelhada, com coceira e muitas irritações. Por isso, prefira a água morna a fria e nunca deixe de hidratar a pele após a higiene.

Peeling físico e químico: pode ou não pode?

Pode, com cautela. Os peelings - tanto físico quanto químico - são procedimentos realizados com substâncias ácidas que proporcionam descamação e renovação à pele de forma superficial ou profunda, dependendo dos ativos utilizados. Portanto, é considerado uma técnica que, de certa forma, acaba agredindo o rosto, gerando vermelhidão, ressecamento e aspereza. Todas essas características tornam o tratamento delicado para a pele sensível, por isso, deve ser feito apenas em consultório de dermatologista.

Microagulhamento: pode ou não pode?

Não pode. Pelas características de como é feito, o procedimento não é recomendado para quem tem a pele sensível. Funciona assim: o dermatologista desliza um roller que contém várias microagulhas bem finas pela pele, que acaba promovendo um pequeno trauma com sangramento e vermelhidão, induzindo a formação de colágeno na região.

Hidratação: pode ou não pode?

Não só pode, como deve. Hidratação é a palavra-chave para manter a pele sensível macia, suave, sem manchas vermelhas, alergias e descamações. Neste caso, o ideal é apostar em um produto com ativos que ajudam a nutrir, acalmar e recompor a barreira hidrolipídica - como a glicerina, vitamina B3 e manteiga de karité.

Limpeza de pele profunda: pode ou não pode?

Pode, mas com alguns cuidados. Na limpeza de pele do rosto sensível, devemos: abrir mão da esfoliação, extrair cravos e espinhas manualmente e optar por uma máscara facial com ativos calmantes e que ajudem a refrescar a região. Para a sua segurança, procure um dermatologista para realizar o procedimento.

Pegar sol: pode ou não pode?

Pode sim, mas sempre com filtro solar. A pele sensível acaba se tornando mais fragilizada com a alta exposição solar. Sendo assim, o mais indicado é pegar sol nos horários mais apropriados - antes das 10 horas da manhã e depois das 15 horas da tarde - e sempre usando o protetor com amplo espectro e com FPS 30, no mínimo.

Publicada em: 24 de Julho de 2018
Modificada em: 24 de Julho de 2018

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Microbioma da pele: o que é? Entenda o que são cuidados prebióticos, probióticos e pós-bióticos

Microbioma da pele: o que é? Entenda o que são cuidados prebióticos, probióticos e pós-bióticos

Pele sensível

Os riscos da limpeza de pele excessiva: efeito rebote, irritação... Confira os principais

Os riscos da limpeza de pele excessiva: efeito rebote, irritação... Confira os principais

Limpeza de pele

Resenha: testei o gel de limpeza CeraVe para a pele normal a oleosa

Resenha: testei o gel de limpeza CeraVe para a pele normal a oleosa

Limpeza de pele

Neurosensine: o que é? Para que serve? As vantagens da substância para a pele sensível

Neurosensine: o que é? Para que serve? As vantagens da substância para a pele sensível

Pele sensível

Rosácea, sensibilidade, dermatite: 5 problemas na pele que surgem com o desequilíbrio do microbioma

Rosácea, sensibilidade, dermatite: 5 problemas na pele que surgem com o desequilíbrio do microbioma

Pele sensível

Pré-carnaval e skincare: saiba como preparar sua pele para curtir a folia

Pré-carnaval e skincare: saiba como preparar sua pele para curtir a folia

Limpeza de pele

Últimas Matérias

Entenda a diferença entre os 3 séruns anti-idade de La Roche-Posay: Salicyli C10, Retinol B3 e Hyalu B5 Repair Heróis da vida real: relato de um dermatologista que trabalha na linha de frente contra a COVID-19 Rotina de skincare na quarentena para cada tipo de pele + dicas para cabelo e corpo Aparelhos removedores de cravos: funcionam? Quais os riscos? Como remover de forma segura e como evitar Coceira na pele após o banho: entenda porque isso acontece e como tratar Conheça Lipikar Baume AP+M, da La Roche-Posay: o novo creme de hidratação profunda e ação anti-coceira
Ver mais