Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Tipos de dermatite, psoríase: 4 doenças de pele que pioram durante o inverno

Dermatite atópica e dermatite seborreica são tipos de dermatite que podem piorar no inverno
Dermatite atópica e dermatite seborreica são tipos de dermatite que podem piorar no inverno

Entrevista com Dra. Betina Stefanello, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

No inverno, nossa pele costuma ficar mais fragilizada por conta do tempo seco. Por isso, quem já sofre com uma doença dermatológica precisa redobrar os cuidados para manter a pele saudável e amenizar os incômodos. Pensando nisso, o DermaClub conversou com a dermatologista Betina Stefanello para te explicar quatro das principais doenças de pele que se agravam durante o inverno. 

“Várias doenças são desencadeadas ou agravadas no inverno, quando as temperaturas baixam, o clima fica mais seco e a nossa pele também”, diz Dra. Betina. “Nessa época do ano, é normal que a psoríase, a dermatite atópica, a dermatite seborreica e a pitiríase alba fiquem exacerbadas”, cita a especialista. Mas como saber qual é cada uma? A dermatologista explica que elas são diferenciadas pela história clínica e sintomas do paciente. Saiba alguns deles abaixo. 

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

O que é psoríase?

Conforme citado pela médica, uma das doenças que piora na época mais fria do ano é a psoríase. Mas, afinal, o que é psoríase? De acordo com Dra. Betina, trata-se de uma doença autoimune, inflamatória e crônica: “Ela não é contagiosa e é caracterizada pela presença de manchas vermelhas na pele, cobertas por escamas esbranquiçadas. Sua causa ainda é desconhecida e, embora exista uma predisposição familiar, não é necessariamente transmitida aos descendentes. No inverno, a pele fica mais seca e as lesões podem ficar mais aparentes e exacerbadas”.

Tipos de dermatite: quais pioram no inverno?

Dermatite é um conjunto de doenças que desencadeiam um quadro inflamatório na pele, causando sintomas como manchas (vermelhas ou não), coceira, irritabilidade e hipersensibilidade. Alguns tipos de dermatite também podem causar bolhas ou crostas e podem ser motivados por um fator externo. Outra característica dos diferentes tipos de dermatite é que a doença pode aparecer e desaparecer espontaneamente. 

Produtos relacionados

Dermatite seborreica pode ser confundida com psoríase

dermatite seborreica no rosto (que é diferente da caspa, que atinge o couro cabeludo) tem sintomas bem parecidos com a psoríase e pode até causar certa confusão. Então, como diferenciá-las? A dermatologista responde a esse questionamento: “Na psoríase, surgem placas vermelhas e descamativas, assim como na dermatite atópica, só que está muito associada a prurido. Já na dermatite seborreica, surge descamação em áreas com pelos no rosto e peito, assim como áreas com mais concentração de sebo (seborreia).”

Dermatite atópica: dobras do corpo são as mais atingidas

A dermatite atópica, por sua vez, é um processo inflamatório da pele que causa vermelhidão, pequenas bolhas e/ou crostas e deve esse nome à sua associação com outras atopias, como rinite alérgica, asma e bronquite. Esse tipo de dermatite pode atingir também bebês e crianças e se destaca por se localizar não só no rosto, mas em dobras do corpo, como atrás dos joelhos e entre o braço e antebraço. “Normalmente, quem tem psoríase já teve o diagnóstico antes, assim como dermatite atópica. As placas da psoríase ficam sobre joelho, cotovelo e falanges. Na dermatite atópica, ocorrem geralmente em áreas de dobras”, reforça Dra. Betina. 

Pitiríase alba: o que é e quais os sintomas dessa doença? 

A pitiríase alba é uma doença dermatológica que, ao contrário das anteriores, não causa manchas avermelhadas, mas sim brancas. “Na pitiríase alba, vemos áreas esbranquiçadas principalmente nos braços e na face”, diz a dermatologista. Geralmente, essa doença se associa ao ressecamento profundo da pele e as lesões podem descamar e se tornar incolores. 

Como cuidar da pele para prevenir a piora das doenças no inverno? 

Para não sofrer com os sintomas de psoríase e dos diversos tipos de dermatite, é preciso cuidar bem da pele! Por isso, a dermatologista dá algumas dicas para manter a pele saudável. “É muito importante caprichar na hidratação durante o inverno, pois o clima seco deixa a pele mais propensa às lesões. Não deixe de se hidratar após o banho”, comenta a médica. Com relação aos ativos, ela conta um segredo: “Gosto de hidratantes que contêm ativos como ceramidas, ácidos graxos, óleos vegetais, d-pantenol. Nos cremes faciais, gosto muito da niacinamida”, finaliza Dra. Betina. 

Produtos relacionados

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 27 de Julho de 2022
Modificada em: 27 de Julho de 2022

Dra. Betina Stefanello

Palavra do Dermatologista

Dra. Betina Stefanello

CRM: 52-913715

Médica graduada pela Universidade Federal De Santa Catarina, pós-graduação em dermatologia pelo Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay Da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro. Título de especialista de dermatologista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia - SBD. Internship in Skin Cancer in Santa Maria Nuova Reggio Emilia e dermatology in Hôpital L’arche in Nice. Chefe do setor de Cosmiatria do Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay. Sócia da Clínica de Dermatologia Les Peaux no Rio de Janeiro. Autora de diversos artigos e capítulos de livro na área de Cosmiatria.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Tratamento de manchas na pele sem ácidos: conheça o poder da niacinamida nas hiperpigmentações

Tratamento de manchas na pele sem ácidos: conheça o poder da niacinamida nas hiperpigmentações

Tratamento de pele

Pele oleosa: como cuidar? Quais erros na rotina de skincare podem piorar a oleosidade da pele?

Pele oleosa: como cuidar? Quais erros na rotina de skincare podem piorar a oleosidade da pele?

Tratamento de pele

Qual é o melhor creme para rugas? Tudo o que o produto precisa ter para combater o envelhecimento da pele

Qual é o melhor creme para rugas? Tudo o que o produto precisa ter para combater o envelhecimento da pele

Tratamento de pele

Sensibilidade no couro cabeludo: o que pode causar? Veja como tratar esse problema

Sensibilidade no couro cabeludo: o que pode causar? Veja como tratar esse problema

Doenças de pele

Como diminuir espinhas? Conheça nutrientes e ativos para cuidar da pele oleosa e evitar a acne

Como diminuir espinhas? Conheça nutrientes e ativos para cuidar da pele oleosa e evitar a acne

Tratamento de pele

Como tirar manchas da pele? Descubra o melhor tratamento para manchas no rosto

Como tirar manchas da pele? Descubra o melhor tratamento para manchas no rosto

Tratamento de pele

Últimas Matérias

Além das rugas no rosto: mitos e verdades do que acontece na pele da mulher durante a menopausa Mancha vermelha na pele do rosto: Conheça a solução para cada causa dessas marcas Alergia na pele que coça e fica vermelho e inchado: conheça as causas da urticária e como tratar Seborreia ou dermatite seborreica: o que é? Por que fica mais intensa no inverno? 5 dúvidas sobre a doença Ordem do skincare: passo a passo de quando aplicar cada produto na pele Menopausa precoce também pode afetar a pele? Conheça as causas e como lidar com esse problema
Ver mais

escolha a loja de sua preferência