Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Transpiração excessiva nas axilas: o que pode ser? Um desodorante pode diminuir a alta sudorese? Entenda!

Confira a matéria e entenda como controlar a transpiração excessiva nas axilas / Foto: Shutterstock
Confira a matéria e entenda como controlar a transpiração excessiva nas axilas / Foto: Shutterstock

Entrevista com Dra. Giselle Sanches, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

A alta sudorese - a produção excessiva de suor - é bastante comum e, normalmente, é considerada um grande incômodo. Além das marcas de suor nas roupas e o mau odor, quem tem esse problema transpira muito fazendo exercícios físicos, em dias de calor e até mesmo quando come algo apimentado ou muito quente. O que pode significar toda essa transpiração? Um desodorante específico é capaz de diminuir este desconforto? O DermaClub conversou com a dermatologista Giselle Sanches, de São Paulo, que esclareceu o assunto.

Suar em excesso pelas axilar é um problema? O que pode ser?

Se o suor nas axilas gera muito desconforto para você, causando marcas embaixo do braço e um forte odor, podemos denominar esse problema como hiperidrose. “Isso acontece devido a um desequilíbrio do sistema nervoso e, se há excesso de suor combinado com mau cheiro, denominamos bromidrose, que é causada por bactérias e fungos”, explicou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

A médica conta que, para esses casos, as causas podem ser diversas, desde a obesidade, menopausa, uso de antidepressivos, alterações endócrinas, ingestão de certas comidas condimentadas e até ansiedade. Por isso, é tão importante procurar um dermatologista para saber qual o seu agente motivador e o melhor tratamento.

O uso de um desodorante específico pode ajudar a controlar a sudorese?

A Drª Gisele revela que há vários tratamentos que podem ajudar no controle do suor e vão depender da intensidade dos sintomas de cada pessoa. O uso de desodorantes comuns pode não diminuir a hiperidrose. Por isso, é tão importante consultar um dermatologista para indicar um produto com componentes que ajudam a controlar o suor excessivo.

Outra opção é a aplicação de toxina botulínica diretamente na região, provocando a diminuição ou a interrupção da produção de suor pelas glândulas sudoríparas. “Em casos mais graves é realizado uma cirurgia para interromper o suor excessivo”, esclareceu.

Quais cuidados devemos ter com as axilas para diminuir a alta sudorese?

- Optar por roupas mais claras, preferencialmente de algodão ou linho, que absorvem mais o calor debaixo dos braços, e trocá-las diariamente;

- Evitar banhos muito quentes, pois podem fazer você suar mais;

- Higienizar bem as axilas com esponja e sabonete antissépticos, retirando bem o produto e secando bem a pele;

- Depilar as axilas ou manter os pelos bem curtos, já que estes retêm as bactérias.

Dermatologista:

Drª. Giselle Sanches // CRM: 117116 / RQE 37933

Título de Especialista em Dermatologia pela Associação Médica Brasileira e Sociedade Brasileira de Dermatologia; Título de Especialista em Clínica Médica pela Associação Médica Brasileira e Sociedade Brasileira de Clínica Médica; Graduação em Medicina pela PUC de São Paulo; Pós-graduação em Dermatologia pelo Hospital Heliópolis (SUS); Pós-graduação em Clínica Médica pela Universidade Federal de São Paulo; Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 10 de Dezembro de 2018
Modificada em: 22 de Maio de 2019

Dra. Giselle Sanches

Palavra do Dermatologista

Dra. Giselle Sanches

CRM: 117116 / RQE 37933

Título de Especialista em Dermatologia pela Associação Médica Brasileira e Sociedade Brasileira de Dermatologia; Título de Especialista em Clínica Médica pela Associação Médica Brasileira e Sociedade Brasileira de Clínica Médica; Graduação em Medicina pela PUC de São Paulo; Pós-graduação em Dermatologia pelo Hospital Heliópolis (SUS); Pós-graduação em Clínica Médica pela Universidade Federal de São Paulo; Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena

Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena

Dermatologista

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Dermatologista

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Dermatologista

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Dermatologista

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Dermatologista

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatologista

Últimas Matérias

Efeitos da COVID-19 na pele: dermatologista explica como a doença também pode se manifestar no corpo Entenda a diferença entre os 3 séruns anti-idade de La Roche-Posay: Salicyli C10, Retinol B3 e Hyalu B5 Repair Heróis da vida real: relato de um dermatologista que trabalha na linha de frente contra a COVID-19 Rotina de skincare na quarentena para cada tipo de pele + dicas para cabelo e corpo Aparelhos removedores de cravos: funcionam? Quais os riscos? Como remover de forma segura e como evitar Coceira na pele após o banho: entenda porque isso acontece e como tratar
Ver mais