Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Tratamento para acne resseca a pele? Deixa sensível? Dermatologista explica mais sobre o assunto

Entenda se o tratamento para a acne resseca a pele e que fazer se isso acontecer / Foto: Getty Images
Entenda se o tratamento para a acne resseca a pele e que fazer se isso acontecer / Foto: Getty Images

Entrevista com Dra. Lilia Guadanhim, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Você tem a pele acneica e sempre se incomodou com o excesso de oleosidade no rosto. Mas, recentemente, seu dermatologista indicou um anti-acne para incluir na rotina de cuidados com a pele e, desde então, seu rosto tem ficado um tanto ressecado e sensível. Será que esses sintomas são comuns do tratamento para espinhas? É possível preveni-los? O DermaClub conversou com a dermatologista Lilia Guadanhim, de São Paulo, que esclareceu como manter a pele hidratada e saudável durante esse processo.

É verdade que o tratamento de acne deixa a pele sensível e ressecada?

Sim, é verdade. A maioria dos produtos para o tratamento de acne e controle da oleosidade possuem ácidos em diferentes concentrações. Esses ativos podem ser encontrados até no sabonete, hidratante, sérum, entre outros. Os ácidos têm a função de secar as espinhas e controlar a alta produção de sebo no rosto, para evitar que outras lesões apareçam - efeito que acaba afetando toda a região em que o produto é aplicado, causando ressecamento e sensibilidade.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

No entanto, a Drª Lilia garante que esses efeitos são mais comuns no início do tratamento, principalmente em pacientes que têm uma certa tendência à sensibilidade ou no meio de mudanças climáticas, como tempo seco, frio ou quente demais. “Se o cenário se tornar constante, será necessário reduzir a potência do tratamento ou, talvez, reavaliar os dermocosméticos usados”, garantiu.

É possível tratar a acne sem ressecar ou sensibilizar a pele

Sim. Para não deixar a pele ressecada ou sensível durante o tratamento, você pode incluir um cuidado super hidratante na rotina de cuidados com a pele e aplicá-lo algumas vezes ao longo do dia. Outra alternativa mais prática seria apostar em um produto com ativos anti-acne e substâncias que acalmam a pele, como a água termal e pós-bióticos. Desse jeito, conseguimos tratar a acne e a oleosidade, sem prejudicar o rosto.

O ressecamento durante o tratamento de acne faz mal à pele?

Quando a nossa pele está ressecada, inevitavelmente ela também fica sensível - o que acaba abrindo uma porta na barreira de proteção para outros problemas, como irritações, coceiras e até infecções. Por isso, se você está no meio de um tratamento anti-acne e continua percebendo algumas reações no rosto, procure o seu dermatologista o quanto antes para solucionar essa complicação.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 28 de Junho de 2019
Modificada em: 03 de Setembro de 2019

Dra. Lilia Guadanhim

Palavra do Dermatologista

Dra. Lilia Guadanhim

CRM: 133850

Formação em Medicina, Residência Médica em Dermatologia e Especialização em Cosmiatria pela Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo. Possui título de Especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e Associação Médica Brasileira, além de ser membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da International Dermoscopy Society. Tem especializações em Cosmiatria - Toxina Botulínica e Preenchimento na França e Dermatoscopia - Oncologia Cutânea na Itália. É médica colaboradora da Unidade de Cosmiatria da Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de São Paulo.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Qual é a diferença entre prebiótico e pós-biótico?

Qual é a diferença entre prebiótico e pós-biótico?

Pele sensível

Pele oleosa na gravidez: dermatologista explica as espinhas, cravos e excesso de oleosidade durante a gestação

Pele oleosa na gravidez: dermatologista explica as espinhas, cravos e excesso de oleosidade durante a gestação

Acne e espinha

Dor no couro cabeludo: o que pode ser? 5 causas + como tratar o couro cabeludo dolorido

Dor no couro cabeludo: o que pode ser? 5 causas + como tratar o couro cabeludo dolorido

Pele sensível

Extração de cravos em casa: 3 coisas que podem acontecer com a sua pele se você tentar fazer isso sozinha

Extração de cravos em casa: 3 coisas que podem acontecer com a sua pele se você tentar fazer isso sozinha

Acne e espinha

Cicatriz hipertrófica de acne no rosto: dermatologista lista 6 tratamentos para as marcas de espinhas

Cicatriz hipertrófica de acne no rosto: dermatologista lista 6 tratamentos para as marcas de espinhas

Acne e espinha

5 dúvidas sobre pele com rosácea: pode fazer peeling? Limpeza de pele? Saiba mais sobre as manchas vermelhas

5 dúvidas sobre pele com rosácea: pode fazer peeling? Limpeza de pele? Saiba mais sobre as manchas vermelhas

Pele sensível

Últimas Matérias

Ácido hialurônico é bom para pele oleosa? Dermatologista esclarece a questão Foliculite: o que é? É um tipo de acne? Posso usar os mesmos produtos para cravos e espinhas? Acne da mulher adulta: como tratar cravos e espinhas sem atrapalhar a rotina anti-idade de skincare Tratamento de psoríase com fototerapia: como funciona + dicas para lidar com a doença Máscara Minéral 89 de Vichy: conheça o novo boost de hidratação e fortalecimento para a pele Dermatologista dá 5 dicas para ter lábios bonitos e mais saudáveis!
Ver mais