Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Verrugas: entenda o que são, como evitar e tratar lesões virais na pele

As verrugas são causadas por vírus e, por isso, podem ser contagiosas, apesar da maioria ser inofensiva
As verrugas são causadas por vírus e, por isso, podem ser contagiosas, apesar da maioria ser inofensiva

Entrevista com Dra. Flávia Alvim Sant'Anna Addor, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

Considerada uma infecção que ocorre nas camadas superficiais da pele ou mucosa, as verrugas são proliferações benignas causadas pelo papiloma vírus humano, também conhecido como HPV. Para entender mais sobre essas lesões e os tipos de verrugas existentes mais comuns, o DermaClub conversou com a dermatologista Flávia Addor, de São Paulo.

Saiba o que são as verrugas e como elas surgem na pele

De acordo com a dermatologista, embora a verruga seja conhecida popularmente para identificar pintas e elevações na pele, é chamada dessa forma na medicina para conceituar, basicamente, as lesões verrucosas de causa viral. Portanto, verrugas são causadas por vírus e, por isso, podem ser contagiosas, apesar da maioria ser inofensiva. “Elas podem surgir a partir de uma predisposição, como a pele mais seca, com atrito, pela alteração de imunidade e pelo contato com o vírus papiloma vírus humano - que infecta a camada superior da pele, causando as verrugas em qualquer parte do corpo”, explicou. A transmissão do vírus pode ocorrer por contato direto com pessoas/objetos infectados e através de pequenas feridas, sendo mais comuns em áreas de traumas.

Descubra quais são os tipos de verrugas mais comuns

A Dra. Flávia afirma que as verrugas mais comuns são as chamadas de vulgares, que são mais frequentes em crianças e adolescentes. “Podem ser elevadas, planas ou filiformes, simulando outro tipo de lesão, como o fibroma”. Além dessa, também há as genitais, que são sexualmente transmissíveis.

Veja como prevenir o aparecimento e tratar as verrugas

Segundo a médica, o tratamento de verrugas pode ser feito com medicamentos ou procedimentos estéticos, que depende do tipo, tamanho, número e localização das lesões. Por isso, apenas um dermatologista está apto para reconhecer e realizar o tratamento. “Para prevenir, a palavra-chave é higiene. Porém, como há uma predisposição genética, no aparecimento de qualquer lesão elevada na pele é necessária a consulta com um médico. Além disso, não é indicado cutucá-las ou mordê-las, já que são formadas por sangue e vírus”, contou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 12 de Julho de 2017
Modificada em: 28 de Julho de 2021

Dra. Flávia Alvim Sant'Anna Addor

Palavra do Dermatologista

Dra. Flávia Alvim Sant'Anna Addor

CRM: 66293

Dra. Flávia Addor é dermatologista formada pela Santa Casa de São Paulo, com mestrado no Departamento de Dermatologia da Universidade de São Paulo e extensão universitária na Vrije university (Bruxelas). É membro da Academia Americana de Dermatologia e sócia titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Além disso, a médica fez parte do corpo docente da Universidade de Santo Amaro em São Paulo.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos

O que é rosácea: tratamento e controle das manchas vermelhas na pele com skincare e procedimentos

Dermatologista

O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele

O que é psoríase gutata? Dermatologista explica os sintomas de psoríase e como tratar a doença de pele

Dermatologista

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Produtos com ácidos: como evitar a irritação da pele? Confira a opinião de uma dermatologista

Dermatologista

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Harmonização facial: o que é? Quais os prós e contras desse procedimento estético?

Dermatologista

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Sérum: ácido hialurônico, vitamina C, ácido salicílico, retinol... qual é o mais indicado para a pele oleosa?

Dermatologista

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Vitamina C e retinol: como incluir os ativos na mesma rotina de skincare para otimizar o tratamento de manchas

Dermatologista

Últimas Matérias

Rotina fácil de cuidados com a pele durante o inverno: 9 produtinhos para você apostar na estação Saiba quais cuidados são importantes na hora de fazer a hidratação da pele seca e sensível Como disfarçar marcas de espinhas: passo a passo para esconder as cicatrizes e manchas de acne Skincare para pele negra: 7 dúvidas mais comuns sobre a rotina de cuidados Neurodermatite: o que é? Como tratar? É a mesma coisa que dermatite atópica? Dermatologista explica Dermatite de contato: o que é, quais os sintomas e como tratar as bolinhas na pele que coçam
Ver mais

escolha a loja de sua preferência