Vem pro clube! quer ganhar descontos o ano todo e ainda trocar seus pontos por produtos? cadastre-se

ja faz parte
do clube?

como comprar

ainda não faz
parte do clube?

cadastre-se

Vem pro clube! É rápido, fácil e grátis. CADASTRE-SE

Você sabe o que é pano branco? Descubra como a infecção acontece, como evitá-la e tratá-la

Você sabe o que é pano branco? Descubra como a infecção acontece, como evitá-la e tratá-la
Você sabe o que é pano branco? Descubra como a infecção acontece, como evitá-la e tratá-la

Entrevista com Dra. Tatiana Nogueira Matos , membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Produtos relacionados

O pano branco, também conhecido como pitiríase versicolor, é uma infecção que atinge a acamada superficial da pele. A dermatologista Tatiana Matos, de Salvador, na Bahia, explicou que o problema ocorre devido a uma levedura que se alimenta da gordura presente no corpo. Também é possível notar o surgimento de manchas, que podem variar de brancas a avermelhadas ou castanhas. Na entrevista, a especialista ainda explica como é possível evitar e tratar o caso.

Descubra como é possível contrair o fungo e quais são os sintomas

Segundo a dermatologista, o fungo malassezia furfur é encontrado na flora normal da pele e é associado ao pano branco. “Algumas pessoas possuem predisposição genética para que o fungo fique na pele e cause manchas no corpo. Como ele se alimenta de gordura, peles que apresentam mais oleosidade são um ambiente favorável para a infecção”, esclareceu, alertando que além da mudança na cor da pele, a doença pode causar descamação. Pescoço, tórax, braços e costas são os lugares mais comuns em que o caso se manifesta.

Saiba como é possível evitar a doença

De acordo com a médica, é possível evitar a ocorrência do pano branco deixando a pele o mais livre de oleosidade possível. Na lista abaixo estão algumas dicas da Dra. Tatiana Matos:

- Logo após a prática esportiva tome banho;
- Na exposição solar, faça uso de duchas para refrescar o corpo e diminuir a transpiração;
- Use roupas frescas no verão;
- Se você já possui quadros de pano branco durante o ano, existem alguns produtos que controlam a população de leveduras na pele. Consulte o seu dermatologista para uma indicação específica para o caso.

Entenda como é realizado o diagnóstico e quais os tratamentos para o quadro

O diagnóstico é feito através do exame clínico realizado por um médico especializado. “Com algumas manobras de estiramento da pele, já é possível identificar a pitiriase versicolor e se a mesma está ativa ou não. Também pode haver auxílio de um aparelho chamado Luz de Wood ou o exame micológico direto associado ou não com cultura - procedimento específico para o diagnóstico de infecções”, explicou, afirmando que o tratamento depende da extensão da doença. “Podem ser usados apenas remédios tópicos como dermocosméticos e sprays antifúngicos, ou ainda comprimidos” concluiu.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 29 de Janeiro de 2016
Modificada em: 22 de Maio de 2019

Dra. Tatiana Nogueira Matos

Palavra do Dermatologista

Dra. Tatiana Nogueira Matos

CRM: BA16601

Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia/SBD, formada pela Universidade Federal da Bahia , realizou residência em clínica médica no Hospital Santo Antônio/ Ba e dermatologia na Universidade de Santo Amaro/ São Paulo. Atua na área de Dermatologia clínica, estética, cirúrgica e laser. Participa de todos os principais congressos nacionais e internacionais para estar sempre atualizada nos melhores tratamentos para seus pacientes.

Ficou com dúvidas?

Encontre aqui o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia mas perto de você!

recomendadas para você

Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena

Uso de máscara de proteção e skincare: dermatologista explica como adaptar a rotina durante a quarentena

Dermatologista

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Quarentena e doenças de pele: crises de dermatite atópica e psoríase podem agravar-se com a falta de sol?

Doenças de pele

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Estresse, sono desregulado, má alimentação... Entenda como a quarentena pode afetar a sua pele

Dermatologista

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Vitamina C na alimentação x vitamina C em dermocosméticos: entenda os benefícios e diferenças de cada tipo

Dermatologista

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Cabelo saudável na quarentena: como o cabelo pode sofrer com o estresse, má alimentação e sono desregulado

Dermatologista

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatite atópica pode agravar-se com o estresse? Dermatologista explica a piora das crises

Dermatologista

Últimas Matérias

Efeitos da COVID-19 na pele: dermatologista explica como a doença também pode se manifestar no corpo Entenda a diferença entre os 3 séruns anti-idade de La Roche-Posay: Salicyli C10, Retinol B3 e Hyalu B5 Repair Heróis da vida real: relato de um dermatologista que trabalha na linha de frente contra a COVID-19 Rotina de skincare na quarentena para cada tipo de pele + dicas para cabelo e corpo Aparelhos removedores de cravos: funcionam? Quais os riscos? Como remover de forma segura e como evitar Coceira na pele após o banho: entenda porque isso acontece e como tratar
Ver mais