Main content

Olho de peixe: o que é, onde surge e como tratar? Dermatologista fala!

Descubra tudo sobre olho de peixe: causas, sintomas e tratamentos eficazes para esse problema com nossa abrangente explicação.
17 dez 2018

Você já ouviu falar em olho de peixe? Popularmente conhecido por esse termo, o quadro se trata de uma verruga causada pelo vírus papilomavírus humano (HPV) que pode surgir em diferentes partes do corpo. No entanto, seu aparecimento é mais comum na sola dos pés, já que a região costuma apresentar fissuras e traumas que facilitam a instalação do vírus. Para entender os sintomas e os tratamentos mais indicados para olho de peixe no pé, o Dermaclub conversou com a dermatologista Flávia Alvim que explicou as principais dúvidas sobre o assunto.

O que é olho de peixe?


De maneira geral, a expressão olho de peixe é usada para representar a verruga plantar. “O quadro recebe esse nome porque quando há uma pressão sobre a lesão, como o ato de pisar, é possível notar um formato semelhante ao de um olho de peixe”, explica a dermatologista.

A lesão benigna é decorrente da contaminação de um vírus do grupo HPV que pode entrar no organismo através de pequenos cortes ou rachaduras, que são comuns nas solas dos pés. “Existem mais de 125 tipos de HPV. Diferente do modelo conhecido por causar a HPV genital, o vírus responsável pelo olho de peixe não é cancerígeno”, afirma Betina.

O que causa olho de peixe?


O olho de peixe é causado pela infecção do vírus HPV (Papilomavírus Humano) em camadas mais profundas da pele, normalmente durante a exposição a áreas úmidas e quentes, como vestiários e piscinas públicas. 

O vírus entra no corpo através de pequenas lesões na pele, como cortes ou arranhões, e começa a se multiplicar nas camadas mais profundas da epiderme. Isso leva ao crescimento da verruga plantar, característica do olho de peixe.

Quais são os sintomas do olho de peixe?


Os sintomas do olho de peixe incluem uma protuberância na planta do pé que é áspera e espessa, com um ponto escuro no centro. A lesão pode ser dolorosa, especialmente durante a pressão ao caminhar. 

Algumas pessoas também relatam desconforto ao apertar a verruga. Embora seja uma condição benigna, a dor e o desconforto associados podem ser incômodos.

Como tratar o olho de peixe?


Para tratar o olho de peixe, existem várias opções disponíveis, incluindo tratamentos tópicos. Nesse contexto, produtos como o Lipikar podem ser benéficos. O Lipikar é uma linha de produtos para cuidados com a pele, conhecida por sua eficácia na hidratação e na melhora da saúde da pele.

Ao utilizar produtos Lipikar, como loções ou cremes hidratantes, você pode manter a pele ao redor do olho de peixe hidratada, o que pode ajudar a reduzir a aspereza e o desconforto da verruga. A hidratação é importante, pois a pele bem hidratada é mais resiliente e pode responder melhor a outros tratamentos, como a aplicação de ácido salicílico ou crioterapia.

É essencial lembrar que o tratamento do olho de peixe pode variar de pessoa para pessoa, e é aconselhável consultar um dermatologista para determinar a melhor abordagem no seu caso específico. Produtos de cuidados com a pele, como o Lipikar, podem complementar o tratamento médico e ajudar a manter a pele saudável e confortável durante o processo de tratamento.

É possível prevenir o olho de peixe?


A prevenção do olho de peixe envolve a adoção de medidas para reduzir o risco de exposição ao HPV. Isso inclui o uso de chinelos em áreas públicas, como vestiários e piscinas, para evitar o contato direto com o vírus. 

Além disso, manter os pés secos e limpos, evitando o compartilhamento de objetos pessoais, como lixas de unha, pode ajudar a reduzir o risco de infecção. No entanto, não existe uma prevenção garantida, uma vez que o HPV pode ser encontrado em muitos ambientes.

Onde o olho de peixe aparece?


O olho de peixe, ou verruga plantar, é mais comumente encontrado na planta do pé. No entanto, também pode ocorrer em outras áreas do corpo que experimentam atrito e pressão, como as mãos e os joelhos. Na planta do pé, devido à pressão exercida durante a caminhada, a verruga pode se tornar dolorosa e desconfortável.

Olho de peixe dói?


Sim, o olho de peixe pode ser doloroso. Devido à sua localização na planta do pé e à pressão exercida durante a caminhada, muitas pessoas experimentam dor e desconforto ao caminhar. Além disso, algumas verrugas plantares podem se tornar sensíveis ao toque, causando dor ao apertar a área afetada. Portanto, o desconforto associado ao olho de peixe é uma preocupação comum para quem sofre dessa condição cutânea.

 

Clube de Vantagens


 

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Publicada em: 17 de Dezembro de 2018
Modificada em: 14 de Dezembro de 2023

 

Image
 

palavra do dermatologista

DRA. FLÁVIA ALVIM SANT'ANNA ADDOR
CRM: 66293

Dra. Flávia Addor é dermatologista formada pela Santa Casa de São Paulo, com mestrado no Departamento de Dermatologia da Universidade de São Paulo e extensão universitária na Vrije university (Bruxelas). É membro da Academia Americana de Dermatologia e sócia titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Além disso, a médica fez parte do corpo docente da Universidade de Santo Amaro em São Paulo.
 
 
 

palavra do dermatologista

Image

DRA. FLÁVIA ALVIM SANT'ANNA ADDOR
CRM: 66293

Dra. Flávia Addor é dermatologista formada pela Santa Casa de São Paulo, com mestrado no Departamento de Dermatologia da Universidade de São Paulo e extensão universitária na Vrije university (Bruxelas). É membro da Academia Americana de Dermatologia e sócia titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Além disso, a médica fez parte do corpo docente da Universidade de Santo Amaro em São Paulo.
 
Orientation message
For the best experience, please turn your device