Com o verão chegando, é fundamental saber quais cuidados com a pele são necessários nessa época do ano. Por mais que pegar uma praia ou passar um dia na piscina do condomínio seja tudo de bom, há situações que podem desencadear o aparecimento de manchas na pele - principalmente com a utilização de alguns produtos. Mas não precisa se desesperar: o Dermaclub preparou os principais itens responsáveis por isso. Veja a seguir:

1. Ácidos com ação descamativa

O tratamento com ácidos de ação descamativa é bem eficaz quando o assunto é melhorar o aspecto da pele, mas é preciso ter muito cuidado com esse tipo de produto, especialmente porque eles retiram a camada de proteção da pele, deixando-a mais fina. Ácidos como o retinoico precisam de ainda mais atenção, pois são substâncias fotossensibilizantes, isto é, elas deixam a pele ainda mais sensível e vulnerável aos raios ultravioletas, podendo provocar problemas como manchas ou até dermatite.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Por isso, a exposição ao sol se torna uma grande inimiga de quem está passando por tratamento à base de ácidos, e é de suma importância que o paciente tenha em mente que pegar um solzinho após a aplicação desses produtos está totalmente fora de cogitação. Se uma viagem a regiões de praia estiver nos planos, é necessário suspender o uso dos ácidos com no mínimo um mês de antecedência para evitar problemas. Além disso, é essencial não deixar de proteger a pele com um filtro solar de alta proteção - lembrando sempre que vale a pena bater um papinho com seu dermatologista se pintar alguma dúvida!

2. Produtos ou misturas caseiras com limão e outras frutas cítricas

Tanto o limão quanto outras frutas cítricas, como a tangerina, detêm substâncias em sua casca chamadas de furocumarínicos que, ao entrarem em contato com o sol, reagem e causam as temidas manchas na pele - podendo também causar queimaduras. Portanto, o mais recomendado é evitar usar aquele esfoliante à base de limão ou laranja, por exemplo, e se expor ao sol em seguida. Além do rosto, é fundamental lavar muito bem as mãos após o uso desse tipo de produtos para evitar uma situação desagradável.

3. Perfumes

Passar perfume antes de sair de casa faz parte da rotina de muitos, no entanto, é preciso tomar cuidado com esse hábito. Se você estiver planejando passar o dia ao sol, como na praia ou na piscina, é importante evitar aplicar o produto sobre a pele, já que a exposição solar pode fazer com que algumas substâncias presentes no perfume, como o álcool e a bergamota, por exemplo, reajam e causem manchas na pele.

*Ficou com dúvidas? Procure o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e agende uma consulta!