Você tem cuidados específicos com as suas axilas? Se não, está na hora de rever seu ritual de beleza e saúde com o corpo. Isso porque esta região precisa de tratamentos especiais para manter a pele lisinha, uniforme, sem pelos encravados, livre de irritações e mau cheiro. Por isso, o DermaClub conversou com a dermatologista Daniela Pimentel, que contou 4 truques para cuidar das axilas. Confira!

1) Utilize produtos adequados para manter a pele das axilas saudável

Antes de passar qualquer produto nas axilas, o ideal é que a região esteja bem limpa e seca para evitar a umidade e proliferação de bactérias. Além disso, os dermatologistas recomendam o uso de desodorantes sem álcool, que são menos irritantes. E você sabia que é fundamental não exagerar no uso deste tipo de produto? Isso porque a aplicação demasiada do desodorante pode causar irritação, coceira e vermelhidão. Outro truque interessante é apostar na esfoliação semanal da área para minimizar chances de encravamento dos pelos.

2) Mau cheiro nas axilas: descubra como evitar o desconforto

De acordo com a dermatologista, apesar de ter efeito limitado, os desodorantes são essenciais para controlar o mau cheiro. No entanto, após determinado tempo, a ação passa e é possível sentir o odor. Por isso, é indicado adquirir alguns hábitos que cooperaram para o controle da bromidrose: “Utilize água morna no banho e não quente, pois pode ressecar a região. Não esfregue as axilas e, claro, mantenha a higiene em dia”, afirmou a dermatologista.

3) Axilas escuras? Saiba como evitar esse problema e veja o que fazer para clarear a região

Segundo a médica, o ato de depilar, principalmente, com lâmina gera vermelhidão, ocasionando um processo inflamatório, que acaba escurecendo a pele. “As pessoas costumam repetir esse processo com frequência e, por isso, não conseguem ver a área clarear, já que sempre há um estímulo da inflamação”, explicou. Dessa forma, a médica indica a depilação a laser para o clareamento da área, além de cremes e desodorantes que possuam a mesma função.

4) Saiba quais são os tecidos apropriados para evitar o incômodo da axila

Você já percebeu que alguns tecidos cooperam para o mau cheiro e aumentam a transpiração das axilas? Isso acontece pelo fato de que tecidos sintéticos não absorvem o suor adequadamente. Por isso, dê preferência às roupas com materiais naturais, como algodão, linho e seda, que permitem uma melhor respiração da pele.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.