Só quem tem a pele oleosa sabe como é conviver com o excesso de brilho ao longo do dia. Não dá para negar que a produção demasiada de sebo e aquele aspecto grudento no rosto são características que incomodam bastante. Porém, uma boa notícia: é possível enfrentar a rotina com menos oleosidade na pele. Basta seguir algumas dicas que o DermaClub listou para você. Confira!

1) Não lavar o rosto em excesso

Você já ouviu falar sobre o efeito rebote? Ele está associado ao aumento da produção de brilho na pele, exatamente pela remoção excessiva da oleosidade. Ao lavar o rosto diversas vezes ao dia, além de retirar o sebo, também é removida toda a hidratação natural da pele e, como resposta, o organismo acaba produzindo mais óleo. Para evitar esse cenário, é importante consultar um dermatologista e saber quantas vezes por dia deve-se lavar o rosto.

2) Aposte em produtos à base de zinco

O zinco é uma substância cheia de benefícios para a pele oleosa. O mineral colabora para a diminuição da produção de sebo pelas glândulas sebáceas e, assim, minimiza o surgimento de espinhas e a visibilidade dos poros. Atualmente, existem produtos com esse ativo, que podem ser encontrados até mesmo em versão spray, que facilita a aplicação a qualquer hora do dia.

3) Não esqueça do protetor solar antioleosidade!

O sol é outro fator que aumenta a oleosidade da pele. Isso porque as glândulas sebáceas se tornam mais produtivas nos dias mais quentes, colaborando também para o desenvolvimento de acne. Por isso, antes de sair de casa, é fundamental aplicar o filtro solar. Prefira produtos com ação antioleosidade e que tenham FPS 30, no mínimo, que é o indicado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

4) Na maquiagem, prefira produtos com efeito matificante

Manter a maquiagem o dia inteiro na pele oleosa é quase um desafio. Mas, é possível! Basta apostar em alguns produtos com efeito matificante: escolha bases com textura mousse ou pó compacto, que controlam a oleosidade e umidade do rosto, diminui a aparência dos poros e ainda deixam um acabamento natural na pele.

Gostou das dicas? Não deixe de consultar seu dermatologista para descobrir os melhores produtos para melhorar a oleosidade da sua pele.