A caspa é um problema bastante comum e que ocupa a cabeça de muita gente. Esses flocos brancos, por vezes amarelados, espalhados na raiz dos fios são frutos da dermatite seborreica (ou seborreia) - uma doença inflamatória e crônica que atinge o couro cabeludo. Embora não tenha cura, o problema pode ser controlado com alguns cuidados diários bem simples, que vai desde a frequência que você costuma lavar as madeixas até o controle do estresse e da ansiedade. Confira os cuidados que você precisa ter com o cabelo!

1. Use um shampoo anticaspa

Assim que a dermatite seborreica for descoberta, é essencial procurar um dermatologista para lhe receitar um shampoo anticaspa. O produto é essencial no tratamento contra os flocos brancos, pois combate todos os sintomas.O produto deve ser aplicado apenas no couro cabeludo, com movimentos de massagem, deixando-o agir por alguns minutos. Aposte em um dermocosmético que possua ativos com propriedades antimicrobianas em sua fórmula, como o dissulfeto de selênio.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2. Aplique o condicionador ou máscara capilar corretamente

Muitas vezes, quando aplicamos cremes mais densos na raiz do cabelo (seja condicionador ou máscara hidratante), o couro cabeludo vai acumulando todos resíduos desses produtos, o que proporciona o excesso de oleosidade na região. Esse processo, naturalmente, acaba refletindo na dermatite seborreica e na formação da caspa. Para diminuir a frequência das casquinhas, é importante passar esses dermocosméticos apenas longe da raiz e principalmente nas pontas dos cabelos.

3. Adote uma rotina de higiene de acordo com o seu tipo de cabelo

Esse ritual varia de acordo com o tipo de cabelo de cada pessoa . Quem tem os fios oleosos, por exemplo, precisa lavar todos os dias, pois o excesso de sebo no couro cabeludo pode acabar causando caspa. Já para as madeixas ressecadas e para quem possui essa extensão da pele sensível, pode lavar dia sim, dia não para evitar os sintomas da dermatite.

4. Evite enxaguar os cabelos com água muito quente

A dermatite seborreica acontece devido à alta produção de oleosidade no couro cabeludo. Quando lavamos o nosso cabelo com a água na temperatura muito quente, isso faz com que a oleosidade aumente na região, causando mais caspa e mais incômodos. Sendo assim, prefira enxaguar as madeixas com água fria ou morna.

5. Controle o estresse e a ansiedade

Momentos de estresse e ansiedade também causam uma grande incidência de caspa. Isso porque a pele têm uma relação muito forte com todo o sistema emocional e a maioria das doenças dermatológicas, como a dermatite seborreica, tem uma forte relação com o estresse. Com isso, leve uma vida mais tranquila, evite momentos de irritação e nervosismo - se necessário, comece a fazer terapia, meditação e a praticar algum tipo de atividade física para acalmar os ânimos.

Se mesmo com essas dicas a caspa não passar, o ideal é avisar ao seu dermatologista.