Você já ouviu falar no ácido glicólico? É um alfa-hidroxiácido, presente em vários produtos e tratamentos estéticos, que ajuda a renovar a pele proporcionando uma pele mais lisa e fina além de ajudar no clareamento e uniformidade do tom. Por trás de sua definição, existem muitas dúvidas com relação a este ativo: ele mancha a pele? Pode ser usado durante o dia? Trata rugas? Ajuda a prevenir cravos e espinhas? A fim de esclarecer as questões, o DermaClub entrevistou a dermatologista Betina Stefanello, do Rio de Janeiro.

1) O ácido glicólico mancha a pele?

Não, muito pelo contrário! De acordo com a médica, o ácido glicólico normalmente é usado para tratar as manchas na pele - sejam elas solares, de melasma ou acne. O ácido glicólico é uma ótima opção para o clareamento da pele além de promover luminosidade, eliminando o aspecto de envelhecimento e cansaço. Até 10%, o ácido glicólico é encontrado em dermocosméticos para uso diário, mas acima dessa concentração, o ideal é que seja aplicado por um dermatologista. “Quando é aplicado em uma porcentagem inadequada ou muito alta, acaba manchando, mas, nesse caso em específico, será devido à inflamação que ele mesmo causou”, esclareceu.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2) Esse ativo pode ser usado durante o dia?

Pode sim. O ácido glicólico é uma substância segura, que estimula a renovação celular da pele sem causar fotossensibilidade, desde que aplicado de forma correta. “Sendo assim, dependendo da porcentagem, pode ser tranquilamente usado durante o dia. No entanto, vale lembrar que o ativo deve ser sempre usado em conjunto com o protetor solar”, atentou.

3) Ele pode ser usado no procedimento de peeling?

Sim. A Drª Betina explica como: “Com as potências de 30 a 80% ele pode ser usado como peeling e mostra-se benéfico para peles com propensão à acne, pois ajuda a manter os poros livres através de uma esfoliação para diminuir sinais e manchas da idade”.

4) O ácido glicólico pode ser usado para clarear manchas?

É verdade! Segundo a dermatologista, o ácido glicólico é um ótimo renovador da pele, eliminando as células manchadas e envelhecidas, e ainda ajuda a diminuir a espessura da pele melhorando a sua textura e facilitando a absorção de outros ativos, quando usado em conjunto com outros tratamentos.

5) Ele pode ser usado para prevenir a acne?

Sim. Ele é benéfico para peles com propensão à acne e oleosidade, pois ajuda na desobstrução dos poros e na eliminação do excesso de células mortas, agindo como esfoliante.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.