Antioxidantes: sempre quando ouvimos essa palavra, logo lembramos da vitamina C. Esse e outros ativos possuem um alto poder antioxidante que ajuda a prevenir o envelhecimento precoce da pele, manchas, entre outros benefícios. Entretanto, existem algumas dúvidas por trás das vantagens desses produtos: como incluir na rotina de beleza? Ele causa descamação no rosto? Quando começar a usar? O DermaClub esclareceu 6 questões mais comuns sobre antioxidante para você. Veja só!

1) O que são antioxidantes? Vitamina C, Vitamina E… conheça os principais ativos!

Antes de usar antioxidantes, é importante entender o que são e qual a sua função: trata-se de ativos que agem neutralizando a ação dos radicais livres - moléculas produzidas pelo organismo que aceleram o envelhecimento das células e, consequentemente, da pele. Quanto maior o estresse ao qual a região é submetida, maior é a produção de radicais livres.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Antioxidantes como a vitamina C, vitamina E, ácido ferúlico, Phloretin e resveratrol, por exemplo, Neutralizam os radicais livres, combatendo os seus danos, prevenindo e corrigindo os sinais do envelhecimento acelerado da pele.

2) Como usar um antioxidante com vitamina C na rotina de cuidados com a pele?

Uma dúvida muito comum sobre antioxidantes, é como inserir esse dermocosmético na rotina de cuidados com a pele. A orientação é: aplicar o produto logo depois de lavar o rosto para que os ativos sejam bem absorvidos na pele. Em seguida, é só finalizar com o seu protetor solar como de costume - dê preferência a um produto com FPS alto, amplo espectro e, se possível, com cor. Durante o dia o antioxidante vai ajudar a proteger e defender a sua pele e a noite o antioxidante vai ajudar a recuperar a sua pele das agressões sofridas. Uma sugestão é usar a Vitamina C pura durante o dia e o Resveratrol a noite.

3) Antioxidante com vitamina C arde? Descama a pele?

Uma ideia comum é que, assim como alguns ácidos, os antioxidantes ardem ou podem causar descamação na pele. Mas isso não passa de um mito! Esses ativos não descamama pele a nem causam qualquer tipo de incômodo na região. Em caso de dúvidas, consulte o seu dermatologista para ter a melhor indicação de antioxidante!

4) Quando devo começar a usar antioxidantes com vitamina C?

Os antioxidantes atuam não só na correção dos sinais do envelhecimento, como também na sua prevenção. Assim como os protetores solares eles devem ser usados diariamente e quanto mais cedo os inserir na sua rotina, melhor! Que os antioxidantes e o protetor solar sejam os seus primeiros aliados nos cuidados para uma pele iluminada, prevenindo o aparecimento dos sinais do envelhecimento.

Os produtos em sérum facilitam a aplicação de um cuidado sobre o outro e ainda são ótimos para pacientes que vivem em locais de climas quentes e úmidos, como no Brasil. Além disso, os séruns são ideais para peles jovens que costumam ter bastante tendência à acne - já que um dermocosmético que tenha a textura mais gordurosa pode causar cravos e espinhas.

5) Antioxidante com vitamina C potencializa a proteção solar?

Muito se ouve falar na associação dos antioxidantes com o protetor solar. O que acontece é que o uso constante e associado de ambos cria uma defesa muito mais eficaz contra o envelhecimento precoce da pele. Enquanto o filtro previne a formação dos radicais livres, ao proteger a pele da agressão dos raios solares, o antioxidante potencializa essa proteção, neutralizando os radicais livres - originados na pele, após a exposição solar e outras fontes de estresse. Para uma proteção mais eficaz, procure fórmulas com concentração efetiva de antioxidantes!

*Ficou com dúvidas? Procure o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e agende uma consulta!