Reconhecida como uma dor de cabeça muito forte, a enxaqueca pode ser acompanhada por diversos sintomas, como náuseas, vômito, sensibilidade à luz e desconforto com barulho. Segundo pesquisas, o problema atinge uma a cada 10 pessoas! No entanto, não existe cura para esse incômodo, mas, sim, formas de diminuir e aliviar as crises. Confira 4 dicas:

1) Pratique o desestresse!

O estresse é um dos responsáveis por desencadear e agravar a enxaqueca. Essa condição envolve sensações no cérebro parecidas com as da dor de cabeça, que podem influenciar no sono, humor e apetite. Por isso, respire fundo e relaxe!

2) Atividade física faz bem à alma

Praticar exercício físico contribui para melhorar a vascularização do crânio, além de ajudar a acalmar os ânimos. Dessa forma, é possível evitar episódios de crises de enxaqueca e amenizar as dores.

3) Durma bem: seu corpo merece descanso

Na hora de dormir, apague as luzes, desligue a TV e fique longe do celular. Assim, você conquista um sono de mais qualidade, que será capaz de reduzir os níveis de estresse e minimizar a enxaqueca.

4) Descubra o que favorece a enxaqueca

Você sabe quais são os principais motivos responsáveis pela enxaqueca? Jejum, excesso de cafeína, fatores hormonais e genéticos, consumo de álcool e alimentos de baixo teor nutricional são alguns deles! Por isso, mantenha bons hábitos e investigue junto com um profissional.

Ficou com dúvidas? Procure seu médico, para obter diagnóstico e tratamento específicos.