Você tem notado que seu bebê está com bolinhas, manchas vermelhas na pele e sentindo muita coceira? Calma, não se preocupe! Esses sinais podem ser de alergia, dermatite atópica ou alguma irritação momentânea na região. Para esclarecer melhor as causas desse incômodo, o DermaClub conversou com a dermatologista Gabriella Albuquerque, do Rio de Janeiro, que citou as possíveis causas, soluções e produtos para amenizar a coceira na pele. Veja só!

Entenda como é a pele de um bebê

A pele funciona como uma barreira protetora para o nosso organismo, trabalhando como um sensor para estímulos externos. A pele do bebê age da mesma forma, a única diferença é que a região é muito fina e possui uma função de barreira ainda muito fraquinha. “Por isso, a pele nos primeiros anos de vida é mais propensa ao ressecamento, irritação e coceira”, explicou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

É normal a pele do bebê coçar? Por que isso acontece?

A Drª Gabriella diz que as principais causas da coceira são as irritações e as infecções bacterianas e fúngicas: “Em alguns casos, quando a barreira de proteção da pele é afetada, pode-se desenvolver dermatites (principalmente a atópica) nos pequenos predispostos geneticamente ao problema - a coceira pode ser tão intensa que chega a interferir na noite de sono”, atentou.

O que podemos fazer para aliviar essa irritação?

Em primeiro lugar, a pele do bebê deve ser hidratada! “O ritual de hidratação é fundamental para reforçar a barreira de proteção e diminuir o risco de doenças de pele ou até mesmo, do desenvolvimento de alergias”, garantiu a dermatologista.

View this post on Instagram

A post shared by La Roche-Posay Brasil (@larocheposaybr) on

Além disso, a Drª Gabriella indica uma rotina de cuidados para a pele dos pequenos:

1ª etapa) Limpeza da pele

Nesse passo, é importante usar um sabonete suave que seja melhor para a pele do seu bebê. O produto deve ser misturado na água da banheira até fazer espuma.

2ª etapa) Lave a pele do seu bebê delicadamente

O corpo do seu bebê deve ser lavado suavemente com as mãos. Coloque espuma sobre a pele e use as palmas das mãos e os dedos para lavar a região. Não se esqueça de limpar entre os pequenos vincos e dobrinhas - como atrás das orelhas e entre os dedos.

3ª etapa) Enxagüe a pele

Use o chuveirinho para enxaguar bem a pele do bebê para não sobrar nenhum resíduo. Assim conseguimos evitar irritação e coceira.

4ª etapa) Deixe o bebê bem sequinho

Seque a pele com uma toalha bem macia, principalmente entre os vincos e as dobras da pele, onde a umidade excessiva tende a permanecer.

5ª etapa) Hidratação

Depois da pele estar bem limpinha, o bebê precisa de hidratação. Nesse momento, é bom investir em um produto sem parabenos, álcool e, de preferência, sem cheiro. Também é importante que o hidratante ajude a restaurar o equilíbrio do microbioma e aliviar os sintomas de irritação e coceira o mais rápido possível.

Com esses cuidados, seu pequeno sempre terá a pele bonita e saudável!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.