Para quem se incomoda com os pelos no corpo, a depilação a laser é uma técnica que vem sendo cada vez mais adotada para acabar de vez com esse problema. Embora o procedimento seja uma ótima solução para erradicar os fios e prevenir certas doenças de pele, como a foliculite, muitas pessoas ainda têm receio de adotar o tratamento, principalmente quem tem a pele negra. Afinal de contas, muitas dúvidas ainda permanecem sobre esse assunto: a depilação a laser pode causar manchas, queimaduras e queloide na pele negra? Como devemos cuidar da região após o procedimento? O DermaClub esclarece!

A pele negra pode fazer depilação a laser?

A depilação a laser pode, sim, ser feita na pele negra. Na verdade, nada impede que esse procedimento seja feito em fototipos mais elevados. Mas é importante que a técnica seja feita com um dermatologista especializado no assunto e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Todo esse cuidado é importante para não haver o risco de manchas na pele, queimaduras e quelóides.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Como evitar manchas na pele, queimaduras e quelóides?

Como a pele negra tem uma quantidade mais elevada de melanina, o alvo do laser acaba sendo exatamente esse pigmento. Então, se o paciente tiver uma pele muito escura, o aparelho vai competir com a melanina presente na pele e no pelo. Além disso, se a depilação não for feita com equipamentos específicos, pode acabar queimando a região do corpo manipulada, causando cicatrizes, quelóide e manchas na pele. Para evitar todos esses problemas, não arrisque e faça o procedimento com um profissional que trabalhe com laser próprio para a pele negra.

Quais os cuidados devemos tomar com a pele após a depilação?

Após a depilação a laser, a pele costuma ficar muito sensível e para acalmar a vermelhidão e irritação, é necessário tomar alguns cuidados após o procedimento. Entre eles:

- Aplicar protetor solar com FPS alto e amplo espectro após a depilação;
- Evitar banhos quentes logo depois do procedimento;
- Aplicar um hidratante fortalecedor de barreira após o banho;
- Borrifar água termal nas áreas sensibilizadas com frequência;
- Usar dermocosméticos com propriedades cicatrizantes;
- Não usar produtos com ácidos nas regiões depiladas nos dias após a depilação.