Você já ouviu falar sobre o ácido glicólico? Famoso entre as beauty addicts e bastante indicado pelos dermatologistas, a substância possui vários benefícios para a pele. Sua principal ação é colaborar para a renovação celular, que ajuda a tratar os sinais do envelhecimento precoce e da acne/pele oleosa, entre outros efeitos. Quer conhecer melhor esse ativo? O Dermaclub conversou com a dermatologista Flávia Addor, de São Paulo, que apresentou as vantagens do ácido glicólico. Veja só!

Conheça o ácido glicólico e sua ação nos dermocosméticos

De acordo com a médica, “o ácido glicólico tem origem na cana de açúcar e é considerado um alfa-hidroxiácido (AHA) por ter a capacidade de promover um efeito renovador à pele”, explicou. Sendo assim, é muito utilizado em tratamentos que garantem o rejuvenescimento celular, seja na forma de peeling ou em dermocosméticos - que pode ser administrado em menores concentrações

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

O ácido glicólico é ideal para tratar a pele oleosa, acneica e com manchas

Com seu efeito que estimula a renovação celular, o ácido glicólico proporciona uma série de benefícios à pele: “Desde melhorar a textura, equilibrar a oleosidade, minimizar a acne e clarear as manchas”, garantiu. Além disso, quando aplicado em maiores quantidades, o ativo pode atuar na camada mais profunda da pele, onde estão localizadas as fibras elásticas e de colágeno - responsáveis pela sustentação e firmeza do rosto.

Cuidados que devemos ter com a pele ao usar o ácido glicólico

Segundo a dermatologista, antes de aplicar o produto com esse ativo, “o ideal é sempre observar o modo de uso, pois seu efeito e potencial irritativo acabam variando muito de acordo com a fórmula”, atentou. Neste caso, o mais indicado é consultar um dermatologista para saber a melhor forma de manipular o dermocosmético. Na segunda etapa, também é importante apostar na proteção solar com FPS 30, no mínimo, específico para o seu tipo de pele.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.