Hoje em dia, encontramos o ácido hialurônico em várias fórmulas para combater rugas, flacidez e ressecamento da pele. Mas você sabia que além dos dermocosméticos, ele também está presente naturalmente na pele? No entanto, a partir dos 25 anos, a sua produção começa a diminuir, deixando a pele flácida, com rugas, bolsas e linhas de expressão. Mas por que isso acontece? O DermaClub, juntamente com a dermatologista Tatiane Curi, esclareceu os motivos dessa perda e indicou todos os cuidados para repor o ácido hialurônico na pele. Confira!

Qual é a importância do ácido hialurônico para a pele?

A Drª Tatiane conta que o ácido hialurônico é uma molécula capaz de atrair e reter água ao seu redor. Por isso, quando perdemos essa substância, a região fica ressecada, com linhas aparentes e falta de sustentação. Para manter a sua pele firme e hidratada, é importante repor ácido hialurônico.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Por que a partir dos 25 anos a pele começa a perder ácido hialurônico?

Na verdade, essa perda é algo natural do organismo. A capacidade do nosso corpo de produzir ácido hialurônico vai diminuindo e não tem nada de errado com isso. O problema é que alguns fatores acabam acelerando esse processo, como a poluição, radiação solar, má alimentação e a falta de cuidados com a pele. Assim, quando a concentração de ácido hialurônico começa a cair, os primeiros sinais que surgem na pele são rugas, linhas de expressão, perda do viço e elasticidade.

Além do ácido hialurônico: 4 coisas a pele perde depois dos 25 anos

Depois dos 25 anos, também perdemos:

- Fibras de colágeno e elastina;
- Hidratação;
- Densidade;
- Brilho natural da pele.

Como repor o ácido hialurônico na pele?

O ácido hialurônico pode ser reposto no organismo de diversas formas, uma delas é com o uso de produtos hidratantes. Hoje em dia existem uma variedade desses dermocosméticos que possuem ácido hialurônico em sua formulação ou ativos que estimulam a síntese dessa substância natural. Eles também ajudam a reter a água e melhorar a aparência das rugas e da textura da pele. A Dra. Tatiane também cita o preenchimento facial, procedimento em que o ativo é aplicado nas áreas específicas do rosto, como olheiras, lábios e contorno da face, por exemplo.

Veja como incluir produtos com ácido hialurônico em sua rotina

Quer investir no uso de produtos com ácido hialurônico e evitar o envelhecimento precoce? A dermatologista diz que é possível incluir dermocosméticos específicos tanto durante o dia, antes de passar o filtro solar, como durante à noite. “O ativo pode ser associado aos antioxidantes, como a vitamina C e vitamina A. Enquanto, os cremes com ácido hialurônico para a região dos olhos são bastante úteis para melhorar a densidade e firmeza dessa área tão delicada”, disse.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.