O ácido salicílico é um beta-hidroxiácido com propriedades esfoliantes e antimicrobianas, que afina a camada espessa da pele. Ele é muito utilizado no tratamento de problemas como dermatite seborreica, psoríase, excesso de oleosidade e, claro, acne. Quer saber como esse ácido atua na pele oleosa e no tratamento de cravos e espinhas? O DermaClub conversou com a dermatologista Kássila Nasser, do Paraná, que esclareceu as principais dúvidas sobre o uso desse ingrediente. Confira!

Quais são os benefícios do ácido salicílico para quem tem acne?

De acordo com a médica, o ácido salicílico é um poderoso ativo. “Ele desobstrui os poros e controla a oleosidade da pele - dois dos principais fatores que contribuem para o surgimento de cravos e espinhas. Isso significa que o ativo possui efeito comedolítico, que age reduzindo essas lesões”, esclareceu. Além disso, a substância também conta com propriedades antimicrobianas, que tratam infecções e evitam contaminação.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Como produtos com ácido salicílico devem ser usados?

O uso do ácido salicílico vai depender muito da concentração. “Em baixa quantidade, esse ativo pode ser utilizado em casa, com cremes e até gel de limpeza facial e sabonetes. Por outro lado, em altas concentrações, a substância deve ser utilizada somente no consultório dermatológico para tratamento da acne e oleosidade da pele”, explicou.

Quais cuidados que devemos ter com o ácido salicílico?

O único cuidado que devemos ter com o ácido é não exagerar na sua aplicação. “O uso demasiado da substância pode causar irritabilidade, ressecamento e até manchas na pele”. Por isso, antes de adquirir qualquer produto com esse ativo, consulte um dermatologista e siga todas as recomendações de como usar o dermocosmético corretamente.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.