Quem tem a pele oleosa e com tendência ao aparecimento de cravos e espinhas acaba sofrendo bastante durante os dias de verão! Nesse período, é comum ocorrer a alta produção de sebo pelas glândulas sebáceas, que consequentemente estimulam a proliferação de bactérias, refletindo na obstrução dos poros e, consequentemente, na acne. Outro fator é a radiação solar, que também colabora para a inflamação das lesões. Mas afinal, de que maneira podemos evitar esse problema na pele durante a estação mais quente do ano? Junto com a dermatologista Tatiana Matos, de Salvador, o DermaClub indicou 5 cuidados para prevenir a acne solar.

1) Comece seu dia lavando o rosto

A limpeza da pele é o primeiro passo diário essencial para quem sofre com oleosidade excessiva, cravos e espinhas no rosto. O cuidado deve ser reforçado especialmente para pessoas com a pele oleosa e com tendência à acne, ainda mais no verão. Por isso, antes de sair de casa e começar a sua rotina, lave o rosto com um sabonete específico que controle a oleosidade, disfarce a aparência de poros abertos e ainda deixe sua pele sequinha e saudável. Depois desse ritual, seu rosto estará pronto para receber os dermocosméticos que irão proteger a região da acne solar.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2) Não esqueça do antioxidante no rosto

A fim de potencializar a proteção contra os raios UV e manter o seu rosto longe da acne solar, não deixe de aplicar um antioxidante antes do filtro solar. Aposte em produtos voltados para a pele oleosa, com ativos como o ácido ferúlico.

3) Use filtro solar com FPS 30

De acordo com a médica, “os raios solares são capazes de diminuir a imunidade da pele, o que facilita a proliferação da bactéria Propionibacterium acnes, que favorece o desenvolvimento da acne, além de aumentar a quantidade e gravidade das lesões já existentes”. Para evitar o surgimento de cravos e espinhas causados pela radiação, use filtro solar. No caso da pele acneica, o produto deve ter características específicas, como o controle inteligente de oleosidade e efeito blur que disfarça os poros. Além disso, é importante que o dermocosmético tenha FPS 30, no mínimo, e amplo espectro - que garante proteção contra os raios UVA e UVB.

4) Que tal apostar num tratamento antiacne diurno?

Segundo a Drª Tatiana, “a melhor opção para evitar espinhas e cravos na pele é buscar tratamentos específicos e prescritos por um dermatologista”. Por isso, o ideal é consultar esse profissional que, dependendo do caso, indicará um antiacne para você. Além dos noturnos, atualmente existem produtos indicados para a prevenção e cuidado da acne de uso diurno, com proteção solar comprovada.

5) Garanta uma proteção extra com o uso de barreiras físicas

Outro cuidado importante é apostar no uso de barreiras físicas, principalmente no caso da alta exposição solar, que costuma acontecer na praia ou piscina. Use óculos escuros, chapéus e, em casos mais extremos, roupas com proteção UV. Nos horários de pico - que acontece entre 10h e 16h, segundo a Sociedade brasileira de Dermatologia - prefira ficar embaixo do guarda-sol.

Assim, sua pele ficará protegida da acne solar durante o verão.