O filtro solar é, sem dúvidas, o produto que todos devem ter e apostar no uso regular. Além de ser o dermocosmético mais prescrito por dermatologistas, ele age em benefício da pele de diversas maneiras. Pensando nisso, o DermaClub te conta mais 5 vantagens para você começar a aplicar o fotoprotetor diariamente. Confira!

1) Proteção contra o envelhecimento

A exposição excessiva aos raios ultravioleta A e B causa queimaduras, o que prejudica a estrutura da pele. Ao entrar em contato com o corpo, eles provocam alteração na pigmentação, espessura, textura e firmeza. O uso do filtro solar é o antirrugas mais eficaz e que pode ser usado por qualquer pessoa para prevenção, basta encontrar um que se adeque às suas necessidades.

2) Evita manchas

De acordo com a dermatologista Luciana Kalache, de Curitiba, Paraná, as peles morenas, miscigenadas, orientais ou com sardas pigmentam com mais facilidade. “A melhor maneira de evitar as marcas solares é usar o filtro solar regularmente, não esquecendo de reaplicá-lo durante o dia”, explicou.

3) Corrige pequenas imperfeições

Os filtros solares com cor são ideais para ajudar a compor o make do dia a dia, pois protegem contra a luz visível – principal causadora de manchas - e, de quebra, ainda disfarçam pequenas irregularidades, deixando a pele mais uniforme e luminosa. Assim como a base e o corretivo, é preciso achar o tom que mais se adeque ao seu rosto. Outra opção é investir nas fórmulas com tonalidades universais, que se adaptam a todos tipos de pele.

4) Controle da oleosidade

Uma das grandes dificuldades de quem sofre com o excesso de brilho no rosto é achar um produto que contenha a produção de sebo ao longo das horas. Já é possível encontrar produtos com tecnologias específicas para absorver a oleosidade extra, como a AIRlicium, que apresenta micropartículas matificadoras, atraindo e controlando dinamicamente a umidade do rosto.

5) Regula os quadros de acne

A exposição solar excessiva estimula a produção de sebo da pele, piorando a acne. “É importante escolher uma textura que seja favorável para a pele acneica, como as livres de óleo. O FPS 30 é o fator mínimo recomendado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, podendo ser maior de acordo com a cor e a necessidade do paciente”, esclareceu a dermatologista Vanessa Metz, do Rio de Janeiro.

Converse com um médico da Sociedade Brasileira de Dermatologia para escolher o filtro solar ideal para o seu tipo de pele.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.