Você tem o hábito de usar antioxidantes? De acordo com os dermatologistas, essas substâncias são capazes de inibir a formação dos radicais livres e evitar os sinais do envelhecimento precoce. Essas moléculas instáveis, que danificam a pele, são potencializadas por vários fatores, como a má alimentação, poluição, radiação solar e até no exagero de atividades físicas. Por isso, se você excluir o uso do produto da rotina de cuidados, sua pele acaba sofrendo com certas agressões. O DermaClub listou 3 coisas que acontecem com a região se você não usar dermocosméticos antioxidantes - confira!

1. Os primeiros sinais do envelhecimento precoce vêm à tona

Excluir o uso de antioxidantes da sua rotina de beleza pode refletir no aparecimento de manchas, flacidez, rugas e outros sinais do envelhecimento precoce. Incluir ativos, como a vitamina C em seus cuidados, previne a destruição do colágeno pelos radicais livres e, ao mesmo tempo, estimula a produção de novas fibras, deixando o rosto mais firme e sem rugas. A substância também auxilia no clareamento de manchas, deixando a pele mais uniforme e luminosa, e pode ser associada a outros ativos, como o ácido ferulico e o phloretin, como no antioxidante CF Phloretin de SkinCeuticals.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2. A área dos olhos pode ser afetada com o surgimento de bolsas e olheiras

Com o passar dos anos, a área ao redor dos olhos passa por um processo inflamatório, causando inchaço, bolsas e olheiras, e, sem os antioxidantes, esse problema tende a piorar. As substâncias indicadas para evitar este cenário são os flavonoides - que reduzem o inchaço e as rugas profundas - e a vitamina C pura - que ajuda no clareamento e firmeza da pele.

3. A pele se torna mais suscetível aos impactos da poluição e radiação solar

Sem os antioxidantes, sua pele se torna mais vulnerável aos efeitos de agressões externas, como a poluição e a radiação solar. Por isso, é fundamental o uso diário do dermocosmético juntamente com o filtro. Os produtos ajudam a proteger a pele contra os danos da oxidação causados pelos raios UV e infravermelhos, além de formar uma barreira contra o envelhecimento precoce e diminuir os impactos da poluição.