Você já parou para pensar na importância da pele para o seu corpo e organismo? Ela funciona como uma camada protetora cheia de ferramentas de defesa que ajudam a prevenir a invasão de bactérias, fungos e outros microrganismos ruins. Esse escudo protetor é formado por três características superpoderosas: a barreira da pele, o microbioma e as ceramidas. Para você entender melhor todo esse cenário, o DermaClub explicou a função de cada uma delas para manter a sua pele fortalecida e saudável. Veja só!

Barreira da pele: o que é? Como reforçar a região?

A barreira de proteção, também chamada de manto hidrolipídico, é como se fosse uma película que protege a epiderme. Ela é composta por células da camada mais superficial da pele (camada córnea) e por demais substâncias que unem essas células, como ceramidas, colesterol, ácidos graxos livres. A sua função é manter a pele protegida contra as agressões externas e irritações, e também é responsável por impedir a perda de água e a desidratação local, fatores que deixam a pele ressecada.

O principal cuidado para reforçar a barreira da pele é a reposição dos lipídios perdidos durante o dia, que pode ser feita por meio da hidratação. Essa etapa, indispensável na rotina de cuidados com a pele, deve ser feita, de preferência, com produtos que possuem colesterol, ácidos graxos e ceramidas, além de ativos super hidratantes como o ácido hialurônico.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

O que é o microbioma da pele? Entenda a sua função

O microbioma é todo o ecossistema de bactérias boas que ajudam a proteger a pele da proliferação e do ataque de microrganismos ruins. Manter esse ambiente em harmonia é importante para evitar o surgimento de doenças de pele e outras complicações do seu organismo. Para manter a região bem longe de qualquer complicação, precisamos alimentar essas bactérias benéficas. Como podemos fazer isso? Usando produtos prebióticos - substâncias que estimulam o crescimento desses microrganismos, combatem os germes ruins e auxiliam na proteção e defesa da pele, mantendo a integridade da barreira física cutânea.

Ceramidas: como fazer a reposição na pele?

As ceramidas são lipídios (gorduras) que compõem a barreira da pele. Essas substâncias ajudam a manter a camada saudável, hidratada e bem nutrida, evitando o ressecamento, sensibilidade, coceira e irritação. Por outro lado, existem fatores que podem impactar na síntese de ceramidas - clima seco, poluição, frio, entre outros - causando ou piorando uma série de problemas na pele, como a psoríase, dermatite atópica, rosácea e acne. Para prevenir a perda constante dessas substâncias, é necessário usar produtos que contêm ceramidas em sua formulação para repor os lipídios e, assim, manter a barreira reforçada.

*Ficou com dúvidas? Procure o seu dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e agende uma consulta!