As máscaras faciais sempre foram artifícios poderosos para conquistar uma pele mais saudável e bonita em questão de minutos. Se antes as avós e bisavós apostavam em fórmulas caseiras, hoje, a indústria dermocosmética desenvolveu inúmeras opções tecnológicas para dar um boost ainda maior no rosto e beneficiá-lo de diversas formas, como diminuindo a oleosidade, hidratando, reduzindo poros, entre outras funções. Saiba mais abaixo!

Por que investir em máscaras faciais?

De acordo com dermatologistas, a principal vantagem deste tipo de produto é a concentração de ativos sobre a pele, que agem rapidamente e proporcionam diversos benefícios. Se antes era preciso ficar longos períodos com a máscara no rosto, os dermocosméticos atuais exigem poucos minutos e resultados impressionantes.

A máscara facial tem, realmente, resultados imediatos?

Geralmente, é possível ver as vantagens do produto logo após sua utilização. No entanto, especialistas garantem que não se trata de um milagre. Para conquistar um rosto equilibrado, é preciso manter uma rotina de cuidados, que deve conter passos como limpeza, esfoliação semanal, hidratação, ação anti-idade e proteção solar. Dica de expert: aposte no dermocosmético para deixar a pele mais incrível no dia que tiver um evento especial!

Conheça os benefícios dos mais diversos tipos de máscaras faciais

Para escolher o produto ideal, o primeiro passo é passar pelo diagnóstico de um dermatologista. Só o médico especialista é capaz de identificar todas as necessidades da sua pele e eleger a melhor opção de dermocosmético. No mercado de beleza existem muitas opções de máscaras que se adequam a cada necessidade.

Em casos de rosto cansado e sem brilho, pode-se usar uma de efeito energizante, que conferirá viço. Para peles oleosas e poros abertos, o produto deve ter efeito mate, desobstruir os poros e ainda promover limpeza profunda. Já rostos que necessitam de reposição de água, as máscaras hidratantes e de nutrição profundas podem ser adotadas.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.