O envelhecimento da pele é um processo causado por uma série de fatores - como a radiação solar, a poluição, o tabagismo, a má alimentação, a produção demasiada de radicais livres, entre outros. Mas além disso, muitos dizem que a bichectomia também pode causar a perda de tônus e a flacidez da pele, será verdade? O DermaClub conversou com a dermatologista Betina Stefanello, do Rio de Janeiro, que esclareceu o efeito que esse procedimento é capaz de causar à pele. Confira!

O que é bichectomia?

De acordo com a médica, a bichectomia é uma cirurgia feita para retirar a gordura que fica na bochecha. “O cirurgião faz um uma incisão (um corte por dentro da boca) e retira a bola de bichat, que é o compartimento de gordura da região”, esclareceu.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

A bichectomia pode causar flacidez, rugas, sinais do envelhecimento da pele?

Sim, é verdade! A bichectomia pode causar flacidez e outros sinais do envelhecimento precoce da pele. A Drª Betina explica que o rosto é formado por diversos compartimentos de gordura e isso mantém a sustentação da pele e dos músculos. “Quando envelhecemos, observamos que tanto a gordura, quanto os ossos são reabsorvidos, diminuindo toda a sustentação dos tecidos. Então, se nós retirarmos propositalmente um compartimento importante, como a bola de bichat, estamos acelerando o processo de envelhecimento, já que o tecido não fará mais a sustentação da pele e dos músculos da mastigação”, revelou.

É possível fazer bichectomia e evitar esses problemas?

A dermatologista afirma: “Quando a bichectomia é indicada por motivo de doença ou tumor não temos nem o que falar, é obrigatória. Em casos de fins estéticos, ela pode ser feita desde que o cirurgião retire apenas o excesso de gordura para não perder toda a sustentação”, atentou. Caso contrário, o paciente deverá recorrer a outras soluções para recuperar a pele envelhecida.

Procedimentos estéticos podem ajudar a repor o volume da pele!

Uma solução eficaz para devolver a sustentação ao rosto e dar volume ao compartimento de gordura perdida, é realizar alguns procedimentos estéticos, como: “Preenchimento com ácido hialurônico, bioestimuladores como ácido poli-L-láctico e hidroxiapatita de cálcio, enxerto de gordura e fios de sustentação”, listou.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.