É importante cuidar da pele o ano inteiro, porém, devido a alta exposição solar durante o verão, a atenção durante esse período deve ser redobrada. A queimadura solar pode chegar a graus graves, formar bolhas e ainda desidratar o corpo. Por isso, o DermaClub separou algumas dicas para você se prevenir delas, saber como agir caso ocorram, e, claro, aproveitar ao máximo a época mais quente do ano sem preocupações. Acompanhe!

Descubra como conquistar o bronzeado ideal e evite queimar a pele

Os médicos aconselham que a exposição gradual e lenta é a melhor opção para evitar agressões na pele. É importante usar filtros solares de confiança, hidratar-se ingerindo líquidos, usando cremes e água termal. O ideal é tomar banho de sol antes das dez da manhã e depois das quatro horas da tarde, quando os índices de radiação são mais baixos.

Em caso de queimaduras solares, saiba como agir

Se você passou muito tempo sob o sol com ou sem proteção e a pele está avermelhada e ardendo, o primeiro passo a ser tomado é procurar um especialista que possa avaliar a lesão. Não use produtos, curativos ou receitas caseiras sem avaliação de um médico. Os tratamentos variam de acordo com o grau dos hematomas e vão desde o uso de cremes calmantes e cicatrizantes até lasers, sendo que grandes queimaduras podem, ainda, causar desidratação.

Saiba como se proteger adequadamente e evitar as queimaduras solares

Segundo dermatologistas, os filtros solares devem ser sempre aplicados antes da exposição ao sol. A reaplicação deve ser feita a cada duas horas ou após longos períodos de imersão em água. E a escolha do fator de proteção deve se basear nas características da pele e na quantidade de exposição.

Dermatologista dá dicas para um bronzeado seguro no verão

O mais importante é aceitar suas condições e não querer mudar o que lhe é natural. Uma pessoa muito branca, ao se expôr à radiação solar intensa sem proteção adequada, vai se queimar. Assim como uma pessoa de pele negra que acredita que está protegida devido a sua melanina natural. É preciso se proteger sempre, o sol é importante para o organismo, mas deve ser aproveitado com cautela.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.