Todo mundo já passou por isso: comprar o sapato dos sonhos e, depois do primeiro uso, sofrer horrores com calos nos pés. Além disso, não é raro que atividades na academia, como levantamento de peso e ginástica, ou até mesmo o treinamento exaustivo com algum instrumento musical cause o aparecimento de calos nos dedos e nas mãos. Desconfortáveis, eles surgem como uma resposta do organismo ao atrito constante com alguma superfície, visando proteger tecidos inferiores a partir da produção de uma camada superficial e espessa de pele. Mas você sabe como tratá-los? Acompanhe!

Previna-se do surgimento dos calos evitando o atrito

A melhor forma de tratar os calos é prevenindo o seu surgimento. Por isso, evite usar sapatos muito apertados, que causem atrito ou feridas em determinada área dos pés. Além disso, segundo a dermatologista Christiane Gonzaga, do Rio de Janeiro, é interessante usar palmilhas e protetores. Já para os calos nas mãos, utilizar luvas ou ataduras na hora de fazer os exercícios continua sendo a melhor opção porque, assim, evita-se o atrito entre os pesos e a pele.

Aposte em cremes específicos para reduzir a calosidade

Alguns cremes específicos podem ajudar a diminuir a espessura da pele sem prejudicar os tecidos ao redor dos calos, mas nenhum tipo de procedimento deve ser iniciado sem o auxílio de um médico. Por isso, o primeiro passo para tratar o problema é procurar um dermatologista para que ele identifique a causa. De acordo com a Dra. Christiane, lixar ou raspar as calosidades, por exemplo, pode causar feridas de difícil cicatrização, infecções, além do efeito rebote, já que a pele se regenera ainda mais espessa, piorando o quadro.

Com os cuidados necessários e o devido acompanhamento profissional, os calos deixam de ser uma preocupação na hora de estrear o sapato novo ou de fazer um exercício na academia. Não deixe de consultar o seu dermatologista e de colocar essas dicas em prática!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.