Responsável por aqueles floquinhos brancos presentes tanto nos cabelos quanto nas roupas de mulheres e homens, a caspa é uma patologia crônica, que causa coceira, vermelhidão e descamação. O problema pode gerar bastante incômodo e, por isso, o DermaClub conversou com a dermatologista Tatiane Curi, de São Paulo, para descobrir como evitar o aparecimento e quais são os tratamentos existentes. Confira!

Entenda o que causa a caspa

Também conhecida como dermatite seborreica ou eczema seborreico, a caspa é uma patologia crônica comum considerada de pouca gravidade. A Dra. Tatiane afirma que não é contagiosa, nem um sinal de falta de higiene. “Sabe-se que a caspa, geralmente, aparece em áreas do corpo ricas em glândulas sebáceas. Assim, a oleosidade produzida na região cria um ambiente propício para o desenvolvimento da doença, permitindo a proliferação do fungo Malassezia sp., que causa coceira, vermelhidão e descamação da área”, explicou.

A caspa pode aparecer em qualquer estação do ano?

Para a Dra. Tatiane, normalmente, a dermatite seborreica agrava-se durante o inverno devido ao tempo frio e seco. “Com a maior frequência de banhos longos com água quente, é mais fácil o aparecimento da doença. Mas, a condição também pode piorar com o estresse, períodos de fadiga, alimentação muito gordurosa e, em algumas pessoas, com a ingestão de bebida alcoólica e consumo de cigarro”, contou.

Saiba se caspa tem cura e quais são os tratamentos existentes

Segundo a médica, a caspa não tem cura, mas tem controle e pode apresentar melhora ou piora de acordo com os hábitos do dia a dia. E, para tratar o problema, o primeiro passo é consultar um especialista para entender as necessidades da sua pele. “Costumo recomendar shampoos específicos, corticosteroides tópicos ou orais, imunomoduladores tópicos, probióticos orais e medicamentos com derivados de ácido retinoico”, disse.

Aprenda os cuidados necessários para evitar o aparecimento da caspa

A dermatologista afirma que inserindo alguns cuidados constantes no seu dia é possível manter a caspa sob controle. Entre eles, os mais indicados são:

- Prefira banhos rápidos e com água morna em vez da temperatura muito quente, principalmente, ao lavar os cabelos;

- Mantenha uma disciplina de lavar o rosto duas vezes ao dia com produtos específicos, caso você tenha dermatite seborreica na área;

- Evite o uso de spray, gel, leave-in e pomada no couro cabeludo ou em contato com a testa;

- Busque não usar muito chapéus, bonés, capacetes ou gorros;

- Procure manter alimentação e hábitos saudáveis, evitando comidas muito gordurosas, fumar e exagerar no consumo de bebidas alcoólicas;

- Descubra os fatores que causam o seu estresse emocional e evite-os.

Gostou das dicas? Procure um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia para tratar seu caso de forma adequada!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.