A celulite é um problema que incomoda muitas mulheres - embora algumas estejam de bem com esses “furinhos”, a maioria ainda prefere se livrar do aspecto irregular da pele. Conhecida pelo surgimento do efeito “casca de laranja” na pele, principalmente na região das coxas e glúteos, ela é uma inflamação que acontece no tecido subcutâneo. Mas quais são os motivos que levam ao aparecimento desse problema? E, na verdade, o que é celulite? Para esclarecer as possíveis causas e os tipos dessas marquinhas, o DermaClub conversou com a dermatologista Lilia Guadanhim, de São Paulo.

O que é celulite?

Popularmente conhecida como celulite, lipodistrofia ginóide é o nome técnico dessa inflamação que ocorre sob a pele. De acordo com dermatologistas, ela acontece decorrente de alterações do tecido adiposo e na microcirculação linfática de tecidos sanguíneos, causando uma fibroesclerose (endurecimento) no tecido conectivo. O incômodo, que afeta cerca de 95% das mulheres após a puberdade, tem como maior característica o aspecto ondulado, parecido com uma “casca de laranja”, em algumas áreas do corpo.

O que é celulite infecciosa ou celulite bacteriana?

Diferente do problema estético caracterizado pelo surgimento de furinhos no corpo, a celulite infecciosa, também conhecida como celulite bacteriana, é causada pelo ataque de bactérias dos gêneros estreptococos e estafilococos. Segundo a Dra. Lilia, “Esses micro-organismos penetram na pele a partir de uma porta de entrada, que pode ser uma ferida, úlcera, bolha ou até uma micose nos pés, causando dor, irritação, ardência local e até a infecção do organismo”, esclareceu.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Conheça 5 causas da celulite estética:

1) Hereditariedade: se alguém da sua família tiver celulite, como a sua mãe ou sua tia, você tem grandes chances de a desenvolver também.

2) Problemas circulatórios: quando o sangue não flui bem, a drenagem das toxinas fica prejudicada e isso deixa o líquido que fica entre as células mais viscoso, causando, assim, a celulite.

3) Alterações hormonais: níveis de estrogênio (hormônio feminino) muito altos provocam disfunções no metabolismo que podem criar ou agravar a celulite.

4) Pílula anticoncepcional: o comprimido também pode desencadear o problema, pois adiciona mais uma dose extra de hormônios no seu organismo.

4) Má alimentação: a ingestão em excesso de açúcares e carboidratos pode causar inflamação no tecido celular e causar a celulite.

5) Falta de exercícios físicos: o sedentarismo também contribui para o excesso de toxinas no organismo que causam o aparecimento dos furinhos no corpo.

Se você tem celulite e se incomoda com essas marcas, procure um dermatologista para garantir o melhor tratamento a fim de amenizar o quadro.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.