Chega de tabu: precisamos falar sobre celulite! Embora seja considerado um incômodo para algumas mulheres, atualmente, muitas já aceitam esses “furinhos” na pele de forma tranquila como algo normal no corpo. De acordo com a dermatologista Carolina Marçon, de São Paulo, a maioria das mulheres têm celulite, seja por fatores genéticos, hormonais ou devido à má alimentação.

Mas além do problema estético, existe outro tipo de celulite que agride o seu organismo, chamado de celulite infecciosa. Você já ouviu falar nela? Existe alguma diferença entre a celulite infecciosa e bacteriana? O DermaClub, juntamente com a médica, esclarece o assunto.

O que é e quais as causas da celulite?

De acordo com a Dra. Carolina, a celulite é uma inflamação que ocorre na parte mais profunda da pele desencadeada por uma série de fatores: “Tem a questão genética; o acúmulo de gordura na região do quadril e do abdômen; os maus hábitos de vida, como o consumo de açúcar, bebidas alcoólicas e o sedentarismo, que colabora para a má circulação local; e a alteração hormonal, pois muitos hormônios femininos favorecem a retenção hídrica”, esclareceu.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Como eliminar celulite: é possível acabar com os furinhos na pele?

Segundo a médica, uma pessoa que tem celulite e quer melhorar a aparência dos furinhos precisa mudar completamente o estilo de vida. “Em primeiro lugar, é importante fazer uma atividade física, ter boas noites de sono, adotar uma alimentação saudável, beber bastante água, evitar açúcar, café, bebida alcoólica e apostar mais em legumes, frutas e verduras”. Já a parte hormonal deve ser verificada por um especialista.

Qual é a diferença entre a celulite infecciosa ou celulite bacteriana?

Embora os nomes sejam diferentes, a celulite infecciosa e bacteriana são a mesma coisa. O problema é causado pelo ataque de bactérias que penetram na pele do paciente através de um corte, ferida, úlcera, bolha ou até por uma micose nos pés. A doença pode causar dor, irritação, ardência local, manchas vermelhas e até a infecção do organismo.

Se você sentir qualquer um desses sintomas no corpo, não deixe de ir ao médico para fazer o diagnóstico correto e procurar tratamento.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.