Você está com alguma flacidez na sua pele, sem aquela mesma firmeza de antigamente, percebendo até mesmo o surgimento de algumas rugas e linhas de expressão perto dos olhos, da boca e na testa. Esses sintomas podem significar a perda de uma substância muito importante para a pele: o colágeno. De que maneira podemos preservar ou repor essa proteína na pele? O DermaClub conversou com o seu time de dermatologistas que esclareceu todas as dúvidas sobre o assunto.

1. O que é colágeno?

De acordo com a dermatologista Flávia Ravelli, de São Paulo, o colágeno é uma proteína presente em grande quantidade no nosso corpo, correspondendo aproximadamente 30% das proteínas presentes no organismo. “Ao contrário do que muitos pensam, ele não está presente somente na pele, mas também em tendões, cartilagens, músculos, ossos e vasos sanguíneos”, explicou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2. Qual é a função do colágeno no corpo?

O colágeno é uma substância essencial para manter as células firmes, tanto para a pele, cabelos e unhas, quanto para os músculos, ligamentos, tendões e articulações. A dermatologista Ritha Capelato, do Paraná, explica que “a proteína é produzida naturalmente pelo corpo, mas também pode ser encontrada em diversos alimentos como carne e gelatina, dermocosméticos tópicos ou suplementos alimentares”, explicou.

3. Com quantos anos começamos a perder colágeno?

A partir dos 30 anos. Nessa faixa etária, é iniciada a atividade natural de uma enzima que degrada as fibras de colágeno e a elastina, sendo um gatilho para o processo de envelhecimento da pele. Depois de um certo tempo, e com outros fatores internos e externos, começam a surgir as rugas, sulcos, flacidez e alteração da textura da pele.

4. O que pode causar a perda do colágeno?

Segundo a dermatologista Tatiana Di Perrelli, de São Paulo, existem vários fatores que podem causar a perda dessa substância no corpo: “Há pessoas que podem ter menos colágeno por ingerirem poucas fontes da proteína”, explicou. Entenda outros motivos:

- Dietas restritivas
- A ação dos radicais livres na pele
- Radiação solar
- Poluição

5. 7 sinais que indicam a perda de colágeno na pele

- Aumento da flacidez da pele
- Perda de elasticidade da pele
- Surgimento de rugas e linhas de expressão
- Aparecimento de estrias
- Pele fina e desidratada
- Enfraquecimento das unhas
- A diminuição na espessura dos fios de cabelo

6. 3 formas de estimular o colágeno na pele

Embora seja inevitável perder essa proteína natural com o passar dos anos, para que seja preservado, o colágeno deve ser estimulado. Mas, de que maneira? A Dra. Tatiana indica alguns cuidados com a pele:

- Através de medicações e de dermocosméticos retinóides, como o retinol, e os alfa-hidroxiácidos, que estimulam a pele a produzir mais colágeno.

- Uso de produtos noturnos, que melhoram a hidratação, o viço e estimulam a firmeza do rosto.

- Invista também em ativos que controlam os sinais do fotoenvelhecimento, como o pro-Xylane, hediona, HEPES e o ácido hialurônico - que possui grande potencial hidratante, promovendo o remodelamento de tecidos.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.