A acne é sinônimo de problema para muita gente. Uma solução para controlar os cravos e espinhas é dar início ao tratamento antiacne. Mas enquanto existem casos em que o método é um tremendo sucesso, algumas pessoas ainda voltam ao consultório para reclamar que as espinhas voltaram. E agora, o que pode ser? E o que o paciente deve fazer? Para entender melhor o assunto o DermaClub conversou com a dermatologista Carolina Marçon, que esclareceu todas as dúvidas sobre as causas do retorno da acne. Veja só!

O tratamento antiacne pode dar errado? Entenda por que isso acontece!

De acordo com a médica, quando o tratamento é feito adequadamente, as chances de sucesso são maiores, mas há riscos de ter uma piora. “No início da terapia, alguns medicamentos podem causar a piora do quadro de acne, isso porque ocorre uma mudança do padrão de funcionamento da glândula sebácea, que é estimulada pelo medicamento. Em outros casos, pode ser que o tratamento esteja sendo feito de forma incorreta, usando medicamentos errados”. Por isso, antes de usar qualquer produto ou remédio, é sempre importante pedir orientação do seu dermatologista para que o tratamento antiacne dê certo!

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Comecei o tratamento antiacne e estou com mais espinhas. O que pode ser?

Você fez todo o tratamento direitinho, mas a acne acabou voltando? Calma, que a Drª Carolina explica o porquê: “A causa da recidiva pode ser uma característica genética ou reflexo de uma alimentação não favorável. Por isso, é fundamental que o paciente seja muito bem avaliado para que seja verificado o grau da acne, o tratamento correto seja indicado”. Desse jeito fica mais fácil o dermatologista remanejar o cuidado de acordo com a resposta da pele da pessoa.

Para complementar o seu tratamento antiacne, aposte no ácido salicílico!

Uma pele sem espinhas é o desejo de todo paciente acneico. Uma solução para controlar o nascimento dessas lesões é o uso de produtos com ácido salicílico na sua rotina de skincare. A Drª Carolina conta que o ativo pode ser usado de manhã, juntamente com um protetor solar com FPS alto - acima de 50 - e ainda destacou todos os benefícios dessa substância para o tratamento de acne: “Ele tem uma ação queratolítica, anti-inflamatória e adstringente, é um ativo excelente!”

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.