Sabe aquela comida reconfortante, que te remete à infância ou a momentos especiais? Sim, aquele prato que não precisa ser nada sofisticado para ser delicioso: basta ter sabor, ser caseiro e mexer com o coração. A tendência comfort food está cada vez mais presente mundo afora, mas engana-se quem pensa que apenas opções supercalóricas são válidas. É possível, sim, comer bem e gostoso sem sair da dieta. Veja abaixo 3 dicas!

1) Fuja de opções industrializadas: com a correria do dia a dia, muitas pessoas acabam escolhendo pratos congelados para facilitar as refeições. No entanto, essa não é uma alternativa muito saudável, já que, geralmente, estes alimentos são altamente calóricos, possuem uma série de conservantes e excesso de sódio, que podem acarretar em problemas sérios de saúde quando ingeridos com frequência, como aumento da pressão arterial, entre outros.

2) As alternativas integrais são sempre mais interessantes: a principal diferença entre a farinha branca e a integral está na quantidade de nutrientes presentes. Enquanto a primeira passa por um processo de refinamento, que elimina grande parte das fibras, proteínas e vitaminas, a segunda preserva estes elementos, que são superbenéficos para a saúde.

3) Escolha produtos orgânicos e naturais: a escolha inteligente dos ingredientes da sua refeição é fundamental para que saúde e sabor estejam lado a lado. Por exemplo, se você quer comer uma macarronada, em vez de comprar uma massa tradicional e um molho de tomate pronto, que tal optar por um penne integral com molho caseiro de tomates orgânicos com temperinhos naturais? O tempo de preparo pode ser de poucos minutos a mais, mas o sabor e a qualidade são infinitamente melhores.

Aposte nas dicas e delicie-se com a sua comfort food saudável! Não esqueça de procurar um nutricionista ou nutrólogo para dicas especializadas para você!