A axila é uma região rica em glândulas sudoríparas, que produzem o suor, ou melhor dizendo a sudorese. Mas muitas pessoas se incomodam quando essa característica acaba se transformando em algo excessivo, refletindo na alta transpiração. É possível dar um fim nesse problema? O DermaClub entrevistou a dermatologista Betina Stefanello, do Rio de Janeiro, que listou 6 dicas para evitar a alta sudorese.

Quais fatores ajudam a produzir mais suor nas axilas?

Sabemos que o suor é uma defesa do organismo para equilibrar a temperatura corporal. Porém, a médica explica que, principalmente nas axilas, ele pode ser induzido por alguns fatores, como: “Mudanças de temperatura (calor), exercícios físicos, fatores emocionais – como estresse e a ansiedade -, desequilíbrios hormonais, substâncias e alimentos termogênicos (que aumentam a temperatura corporal) e tecidos sintéticos que abafam o local”.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

6 dicas para evitar a transpiração nas axilas

A Drª Betina garante que é possível diminuir a sudorese através de procedimentos dermatológicos, como a aplicação de toxina botulínica, cirurgia e o uso de desodorantes específicos, por exemplo. A profissional, listou 5 dicas que funcionam:

1) Usar desodorantes com substâncias que retenham o suor;

2) Apostar na aplicação de toxina botulínica, já que essa age bloqueando e paralisando as glândulas que produzem o suor - no entanto, é importante ter a avaliação do seu dermatologista;

3) Já a cirurgia corta o nervo simpático que inerva as glândulas sudoríparas e produzem suor - veja com o seu dermatologista se o procedimento é necessário;

4) Prefira roupas de tecidos leves, como algodão, que permitem que a pele respire, evitando a transpiração intensa;

5) Evite alimentos apimentados, pois eles estimulam mais produção de suor;

6) Diminua o consumo de bebidas alcoólicas e cigarros. Esses vícios também podem colaborar para a sudorese.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.