Você tem muitos cravinhos no rosto? Se incomoda com essas pequenas lesões? Também conhecidos como comedões, os cravos são bem comuns nas áreas seborreicas do corpo e em pacientes que têm a pele mais oleosa. A boa notícia é que podem ser removidos com o auxílio de algumas técnicas. Quer saber quais são elas? O DermaClub convidou alguns dermatologistas para esclarecer o assunto. Veja só!

1. O que são cravos? Como eles se formam?

Cravos são aquelas lesões que surgem na pele devido ao aumento da produção de sebo e de queratina do folículo pilossebáceo, formando, assim, uma barreira no poro do folículo - o comedão. De acordo com a dermatologista Flávia Addor, de São Paulo, “a coloração do cravo normalmente é branca, mas se torna preta quando entra contato com o ar, que leva o nome de comedão aberto”, explicou.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2. Como remover cravos em casa

A Dra. Carolina Marçon, de São Paulo, revela que existem três maneiras seguras de facilitar a remoção dos cravos em casa:

- Esfoliação da pele toda semana
- Usar produtos com ácido salicílico, ácido retinóico e ácido glicólico
- Realizar a técnica de vaporização regularmente

A vaporização pode ser feita de duas maneiras: durante o banho, com o calor do chuveiro, ou com água quente em uma bacia, aproximando o rosto por alguns minutos em contato apenas com o vapor. Depois disso, a esfoliação pode ser vantajosa para a remoção dos cravos.

3. Como remover cravos no consultório

Para um resultado ainda melhor, o ideal é procurar algum profissional para a remoção dos cravinhos, com a técnica e material adequados. Segundo Drª Flávia Addor, “o procedimento pode ser realizado com um esteticista, um dermatologista ou qualquer profissional de saúde que comprove habilitação para tal”, afirmou.

4. Passo a passo de como é feita a limpeza de pele para remover cravos

1º passo) Um produto de limpeza adstringente é usado para remover a oleosidade da pele;

2º passo) Em seguida, o profissional começa a esfoliação para remover as células mortas;

3º passo) É usado um emoliente, para abrir os poros e facilitar a retirada dos cravos;

4º passo) Hora de extrair os cravos! O ritual pode ser feito manualmente com um algodão ou uma gaze de forma bem delicada e com uma solução antisséptica. “Em alguns lugares os médicos usam uma espécie de sugador e existem certos tipos de lesões que devem ser removidos com uma pequena agulha”;

5º passo) Depois da extração, é usado um aparelho de alta frequência para cicatrizar a pele;

6º passo) A limpeza é finalizada com uma máscara que, dependendo do seu tipo de pele, pode ter efeito calmante, cicatrizante, clareador ou antioleosidade.

5. Ativos e produtos que facilitam a remoção de cravos

- Máscara facial
- Gel ou sabonete de limpeza
- Spray antioleosidade
- Tônico facial
- Ácido salicílico
- Ácido retinóico
- Ácido glicólico

6. Como prevenir o surgimento de cravos no rosto

A prevenção deve ser feita com o uso de produtos de higiene adequados para o seu tipo de pele, contendo ativos queratolíticos, como o ácido glicólico e salicílico. “Em casos de maior intensidade, o ideal é procurar um dermatologista para receitar medicamentos queratolíticos e anti- seborreicos, dependendo da extensão do problema”, esclareceu a Drª Flávia.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.