Você já sabe da importância e necessidade do uso diário do protetor solar para a saúde da pele. No entanto, só isso pode não ser o suficiente, sabia? Estudos comprovam que a poluição é uma fonte crescente de danos ambientais e, juntamente com os efeitos do sol, também é responsável por 90% do envelhecimento da pele. Descubra como obter uma proteção ampla e entenda seus benefícios!

Entenda como a poluição age na pele

Se tem algo que pode aumentar ainda mais os danos causados pela radiação solar na pele, é a poluição. Ao estimular a produção de radicais livres, ela acelera também o envelhecimento. Isso porque esse fator ambiental gera radicais livres, moléculas instáveis que agridem as estruturas da pele, aumentando o estresse oxidativo, contribuindo, assim, para a perda de sua vitalidade.

Embora o protetor solar evite parte dos danos causados pela radiação UV, ele não consegue impedir a ação da poluição. “Para ajudar na preservação e recuperação da pele, além do uso regrado do filtro, é importante investir em dermocosméticos com ação antioxidante. Eles são aliados na defesa, já que ajudam na recuperação das agressões”, afirmou a dermatologista Juliana Neiva, do Rio de Janeiro.

Como utilizar antioxidantes para uma proteção ampla da pele

Reconhecidos por sua ação no combate aos radicais livres, os antioxidantes são substâncias que contribuem na manutenção da saúde das células e que podem ser encontrados nos mais diferentes produtos, principalmente os de textura sérum. Além disso, quando aplicados antes do filtro solar, eles minimizam os efeitos negativos da poluição na pele, retardando os sinais do envelhecimento, como rugas, manchas e linhas finas.

Você ainda precisa de mais motivos para apostar nessa combinação? Converse com o seu dermatologista e encontre o antioxidante e filtro solar ideais para a sua pele.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.