Você já comprou o protetor solar errado ou simplesmente pensou em personalizar o produto adicionando cor ou mudando a sua textura? Para essas situações, existem algumas formas de ajustar o dermocosmético e deixá-lo do jeitinho que você deseja. O DermaClub listou algumas dicas sobre o que fazer para adaptar o filtro de acordo com as suas necessidades. Veja só!

1) Posso misturar um protetor solar com outro para alterar a textura?

Por vezes, misturar duas fórmulas diferentes não é a melhor opção, já que, quando em contato, nada garante que elas permanecerão estáveis e os ingredientes podem até causar reações na pele. Sendo assim, o ideal é aplicar o protetor e finalizar o rosto com água termal se a sua pele parece seca ou um spray matificante se ela ficou brilhosa demais.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2) Posso usar filtro solar com bronzeador?

Se você pensa em acelerar o bronzeamento natural da pele, aplicar um bronzeador antes de aplicar o protetor solar pode parecer uma boa alternativa. No entanto, vale alertar que o bronzeamento proposital pode trazer prejuízos à pele, tais como manchas e até o câncer de pele. O ideal é usar apenas protetor solar e tentar tomar sol apenas nos horários em que a incidência da radiação é menos intensa, como antes das 10h e depois das 16h.

3) Pigmento com cor realmente dá coloração ao produto?

Sim. Se sua intenção é adaptar o tom do seu filtro solar com cor ou incluir essa característica no seu produto, a dica é investir em um pigmento mineral, como o Anthelios Color Dose, de La Roche-Posay. Com ele, você consegue alcançar uma coloração mais claro ou mais escura - caso queira clarear ou escurecer o protetor - aplicando algumas gotinhas até alcançar a coloração desejada.