Com a correria do dia a dia, os produtos multibenefícios se tornaram indispensáveis na rotina de beleza. O protetor solar com cor camufla as imperfeições e controla a oleosidade, o esfoliante pode ser máscara antioleosidade, o antirrugas para a área dos olhos pode fortificar os cílios… No entanto, nenhum deles tem mais facetas que a água termal. Além de todos os cuidados relacionados a skincare, você sabia que ela também pode ser utilizada na hora da maquiagem? O DermaClub te explica como!

Como a água termal pode ajudar na duração do make

O ritual de cuidados com a pele é fundamental para garantir que o look dure por mais tempo, além de outros benefícios. “Um rosto bem cuidado garante melhor textura, fixação do make e ainda necessita de menos cobertura. Mas, pra mim, o ponto principal mesmo é a textura, já que muitas imperfeições têm relevo e a maquiagem não consegue resolver essa questão”, disse a dermatologista Juliana Neiva, do Rio de Janeiro. Segundo a médica, a rotina deve incluir limpeza, tonificação, hidratação e, por fim, uma bruma de água termal, que conferirá nutrientes fundamentais e mais aderência aos cosméticos posteriores.

Como usar a água termal depois da maquiagem

Depois do rosto limpo, tonificado, hidratado, e da água termal, pode-se começar o make. Na construção da pele, começando com a base, passando pelos produtos de contorno e corretivo, a água termal também pode ser utilizada para duas finalidades. A primeira é para que os produtos tenham mais aderência: com uma bruma, já é possível perceber que os produtos “pertencerão” melhor à pele, conquistando aspecto natural. Já a segunda vantagem tem relação com a durabilidade da maquiagem, já que o produto age como um verdadeiro “fixador”.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.