Os ácidos são grandes aliados do rejuvenescimento cutâneo. Eles promovem uma pele mais uniforme, lisa, fina, firme com menos rugas e mais luminosidade, além de reduzir a visibilidade dos poros. Ao contrário do ácido hialurônico - que ajuda na hidratação da pele -, existem alguns tipos de ácidos que podem causar um certo tipo de ressecamento no rosto, deixando a região sensível e com sinais de irritação. Embora seja uma reação comum da pele no início do tratamento, ter a região muito seca pode causar incômodo e gerar problemas, como rachaduras, manchas vermelhas e ardência. Sendo assim, como podemos usar ácido sem ressecar a pele? A dermatologista Carolina Marçon, de São Paulo, contou as dicas para o DermaClub.

Quais são efeitos dos ácidos na pele?

Ácido retinóico, retinol, ácido glicólico e ácido salicílico: sabe o que eles têm em comum? Dependendo da administração e concentração todos promovem com maior ou menor intensidade a renovação celular da pele, mas seu uso também pode causar ressecamento na pele. De acordo com médica, “esses ácidos possuem ação queratolítica - que remove as camadas mais superficiais da pele - promovem a renovação celular e uma ação despigmentante pela própria esfoliação que eles causam na pele, reduzindo manchas. Os ácido também proporcionam uma ação que estimula o colágeno, melhorando o aspecto da pele”, esclareceu.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

Resumindo: esses ácidos podem ser usados no tratamento de acne, fotoenvelhecimento e manchas - tudo isso em diferentes concentrações, produtos e combinações com outros ativos ou não.

Consequências que os ácidos podem causar à pele

- Ressecamento;
- Sensibilidade;
- Vermelhidão;
- Ardência;
- Descamação da pele.

Como usar ácido sem ressecar a pele:

Para evitar que os ácidos ressequem a sua pele, a dermatologista indica alguns cuidados: “É importante associar o tratamento com o uso de produtos que reparem a barreira cutânea e promovem a retenção de água na pele, ou usar essas substâncias em dias alternados”. Assim conseguimos balancear o ressecamento e a sensibilidade.

3 cuidados com a pele durante o uso de ácido:

- Usar um hidratante mais potente várias vezes ao longo do dia;
- Alternar os dias de uso dos ácidos até a pele se acostumar;
- Aplicar o protetor solar todos os dias, investindo em um FPS alto.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.