A região dos olhos é extremamente sensível e merece cuidados especiais. Apesar de existirem diversas opções de produtos específicos para hidratação e minimização dos sinais do tempo, a área também deve ser protegida contra os danos nocivos do sol. O DermaClub conversou com Vanessa Metz, dermatologista no Rio de Janeiro, que explicou como usar filtro solar na região e se pode ser aplicado o mesmo dermocosmético usado no restante do rosto. Confira a entrevista!

Dermatologista ensina como proteger a região dos olhos de raios solares

A pele da região dos olhos é delicada e alguns filtros solares podem irritá-la. “A dica é escolher produtos oftalmologicamente testados, que vão proteger a área sem correr risco de reação”, comentou a médica, que afirmou ainda que o filtro é fundamental na rotina não só para prevenção de queimaduras e do temido câncer de pele, mas também pela beleza, já que colabora no tratamento antienvelhecimento e previne o aparecimento de olheiras. Além do produto, para longas exposições Dra. Vanessa indica o uso de óculos escuros, chapéus e bonés para proteger a face dos raios solares.

O uso de produtos específicos para região dos olhos é importante para manter a pele saudável

Segundo a Dra. Vanessa, o é ideal incorporar na rotina dermocosméticos específicos para a região dos olhos, que previnam o surgimento de rugas, confiram sustentação e combatam olheiras e bolsas. “O filtro entra depois do hidratante e deve ser escolhido de acordo com o tipo de pele. Por exemplo, peles oleosas podem investir em textura toque seco; enquanto as ressecadas adotam veículos como serum ou cremes”, pontuou.

Agredir a área - coçando de maneira mais brusca, por exemplo - possibilita o surgimento das temidas olheiras, devido aos vasinhos que podem se romper. A dermatologista afirmou que a melhor maneira de aplicar ou retirar qualquer produto é de forma delicada, sempre de dentro para fora na pálpebra inferior e com movimento inverso na superior.

Saiba como proceder se o produto atingir os olhos

Má remoção da maquiagem e coçar os olhos com as mãos sujas são apenas algumas das atitudes que colaboram para que os produtos entrem em contato com a vista. Nesses casos, é preciso lavar imediatamente a região com água em abundância. Se incômodos e irritações permanecerem, procure ajuda médica.

Consulte seu dermatologista e incie uma rotina de cuidados com a pele!

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.