A maquiagem pode ser sua melhor amiga no dia a dia. É importante praticar para ganhar segurança nas pinceladas e não pesar a mão na hora de aplicar os produtos, prezando pela harmonia de cores e formas. Porém, sem perceber, o efeito desejado pode não ser alcançado. Mas fique tranquila: é simples evitar a situação. O DermaClub separou cinco erros comuns no make, que deixam a aparência envelhecida e como contorná-los!

Descubra os erros comuns na hora da maquiagem que envelhecem o rosto

Muitas mulheres se preocupam com a aparência e buscam, na maquiagem, um ar mais jovem e saudável. Porém, alguns produtos podem conferir resultado oposto ao desejado. Olha só:

- Base muito cremosa ou opaca: podem ser vilãs para peles maduras, pois acaba destacando marcas de expressão. Invista em veículos mais leves, que suavizem e disfarcem as imperfeições, como séruns e mousses para uniformizar a textura da pele;

- Sombras brilhosas ou escuras: os olhos são o carro-chefe da maquiagem. Tenha cautela para não sobrecarregar a região com muita quantidade de produto, pois pode proporcionar um olhar pesado. Para um look mais clean e jovem, prefira sombras claras. Sempre aplicando o tom mais claro no canto interno e o mais escuro no externo dos olhos, a técnica abre o olhar;

- Batons escuros ou cremosos: prefira tons claros e terrosos com efeito opaco, pois os batons escuros podem conferir um visual mais maduro. Além disso, evite os cosméticos com efeito glossy e cremosos, já que o excesso de produto ou brilho evidenciam pequenas rugas que surgem ao redor da boca;

- Lápis preto na linha d’água: se você possui linhas de expressão finas ou olheiras na parte inferior dos olhos, aposte em lápis marrons ou brancos e não carregue na máscara de cílios;

- Sobrancelha: o ideal é seguir o modelo natural e apenas delinear para um olhar mais limpo e marcante. Use produtos específicos para a região e preste atenção na cor, que deve se assemelhar ao tom dos fios.

Retirar a maquiagem é bom para a saúde da pele e previne o envelhecimento precoce

De acordo com especialistas, quando a remoção de cosméticos não é feita de forma adequada, os riscos de dermatites e irritações aumentam. Além disso, pode-se notar o agravamento dos quadros de acne e do envelhecimento precoce, causado pela ação de radicais livres - que danificam células sadias do corpo. A limpeza deve ser iniciada com o demaquilante e, logo após, o sabonete específico para o seu tipo de pele, seguido de um tônico e do produto anti-idade recomendado por seu dermatologista.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.