A prática de corridas é uma atividade superprazerosa e ótima alternativa para exercitar o corpo, trazendo diversos benefícios à saúde. No entanto, uma dúvida muito comum entre pesquisadores e praticantes é sobre qual a melhor forma de realizar a modalidade: na esteira ou na rua? Ambas trazem os mesmos resultados, mas existem diferenças, sim. Entenda!

Correr na esteira pode ser mais prático, mas há menos esforço envolvido

Estudos comprovam que a atividade muscular da corrida na esteira ou na rua é a mesma. Porém, o impulso para frente que o corpo faz na esteira ocasiona um menor esforço e, com essa economia de energia, os posteriores da coxa - que ajudam a deixar o bumbum durinho - são menos trabalhados. Além disso, a própria esteira possui molas que acrescentam energia elástica ao movimento do corredor. No entanto, praticar a atividade na esteira, também propõe a você a possibilidade de controlar o ritmo que deseja, podendo alterar velocidade, inclinação e distância dos treinos.

Para quem tem disposição de sobra, correr na rua é uma excelente ideia

Correr na rua traz a sensação de liberdade e é a opção preferida da maioria dos praticantes. No entanto, é preciso escolher um lugar seguro para se exercitar, como parques, praias ou ruas mais calmas. A atividade praticada na rua tem maior gasto calórico, porque é exigido mais trabalho muscular devido à resistência do vento e à variação do solo. Um dos motivos pelo qual a corrida outdoor é muito praticada é a facilidade, já que é só colocar um tênis, roupas apropriadas, pegar uma garrafa de água e sair!

Qual a melhor escolha: correr na rua ou na esteira?

Antes de começar a praticar qualquer atividade, o ideal é marcar uma consulta com um médico e fazer uma avaliação para entender qual é o melhor exercício para você. De acordo com especialistas, a maioria das pessoas está apta a praticar corrida tanto na esteira quanto na rua, é só adequar o treino. No entanto, para iniciantes, a esteira é boa opção para facilitar a criação de coordenação, ganho de ritmo e condicionamento físico. Enquanto para os corredores avançados, correr na rua é melhor, já que estão com a musculatura e articulação mais preparadas.