O cotovelo é uma das regiões que mais necessitam de cuidados pela sua facilidade de ressecamento. Além disso, a área também é conhecida pelo seu escurecimento, que pode gerar incômodo em homens, mulheres e crianças. Pensando nisso, o DermaClub conversou com a dermatologista Katleen Conceição, do Rio de Janeiro, que explicou por que estes problemas acontecem, como evitá-los e minimizá-los. Confira!

Saiba por que seus cotovelos merecem cuidados especiais

Segundo a médica, devido o atrito, o cotovelo é uma área que tem tendência à deficiência hídrica e maior facilidade ao escurecimento. “Muitos pacientes reclamam também da aspereza e das bolinhas que costumam aparecer na área. Por isso, alguns cuidados devem ser tomados para evitar que o quadro piore”, explicou. Para Dra. Katleen, o ideal é sempre prevenir, tratando a área com frequência.

Dermatologista revela quais são os melhores tratamentos para clarear os cotovelos

O clareamento da pele pode ser feito com uso tópico de alguns ativos com ação despigmentante. “O ácido retinoico combinado com outros clareadores costuma ter excelentes resultados”, disse a médica, afirmando que na clínica dermatológica podem ser feitos tratamentos como peeling seriado e laser fracionado.

Descubra como minimizar a aspereza dos cotovelos

Já para melhorar a textura, Dra. Katleen Conceição indica a esfoliação periódica, que vai amenizar a aspereza e ainda melhorar a penetração do hidratante. “As bolinhas podem ser minimizadas com ácido glicólico, ácido salicílico, ácido lático e ácido retinoico, que ajudam a renovar a cútis. E os melhores ativos para nutrir a cútis são os óleos de algodão, macadâmia, amêndoas, coco e ácido lático”, indicou a dermatologista.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.