A pele do pescoço - assim como do colo e do dorso das mãos - está tão visível quanto a do rosto, mas, muitas vezes, acaba sendo esquecida na rotina de cuidados. No entanto, por ser uma área sensível, é preciso ter atenção especial! O DermaClub conversou com a Dra. Juliana Neiva, dermatologista na cidade do Rio de Janeiro, que tirou todas as dúvidas sobre como cuidar da área e ainda concedeu dicas sobre quais produtos usar. Acompanhe!

Descubra o que difere a pele do pescoço das demais

De acordo com a médica, a pele do pescoço se diferencia do rosto por possuir quantidade menor de glândulas sebáceas. Por conta disso, seu poder de hidratação também é menor. “Apesar do mesmo grau de exposição, é uma pele que tende a ser mais sensível, ressecada, além de apresentar mais manchinhas”, apontou.

Os cuidados com a pele do pescoço podem começar em qualquer idade

Para a dermatologista, a região precisa de cuidados, inclusive anti-idade. “A partir do momento que os tratamentos dermatológicos começam, essa área também deve ser olhada com atenção especial. Afinal, ela envelhece de forma mais precoce, já que a pele é mais delicada. Não há uma idade específica, mas o ideal é que seja a partir dos 20 anos”, indicou.

Dra. Juliana Neiva da dica sobre quais produtos usar no pescoço

Para os cuidados efetivos na região, são feitas, geralmente, adaptações do que já se usa no rosto. “Se a pele possui quadros de melasma ou é acneica, por exemplo, ela deve ser avaliada com cuidado. Por ser uma região mais fininha, não aguentaria produtos muito fortes”, explicou, afirmando que o ritual de cuidados com o pescoço, assim como com o rosto, deve ser feito duas vezes ao dia. “Pela manhã, filtro solar, e, à noite, uma hidratação mais potente, podendo incluir também ácidos. Mas tudo vai depender do caso, da faixa etária e do tipo de pele de cada um”, concluiu.

Não esqueça de consultar um médico dermatologista para descobrir os produtos ideais para a sua pele e necessidades.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.