Rugas, linhas de expressão, flacidez… Estes são alguns dos sinais do envelhecimento precoce da pele, que costumam aparecer entre os 20 e os 30 anos. Embora seja essencial investir em um tratamento anti-rugas nesta fase da vida, muitas mulheres ainda têm dúvidas sobre como adotar o hábito, já que, nesta idade, a pele ainda pode ser oleosa e propensa à acne. Para esclarecer a melhor rotina a adotar, a dermatologista Lilia Guadanhim, de São Paulo, contou ao DermaClub o passo a passo do ritual. Confira!

Quais são as características mais comuns na pele da mulher jovem?

A particularidade mais marcante na pele da mulher jovem é o excesso de oleosidade com surgimento de cravos e espinhas. “Classicamente, a oleosidade excessiva na adolescência tem uma distribuição na ‘zona T’, acometendo a testa, o nariz e o queixo, além de serem áreas com maior incidência de lesões da acne. Já na fase adulta a distribuição mais característica é na ‘zona U’, acometendo a região inferior do rosto”, explicou a médica.

Assim, o cuidado anti-idade escolhido não só não deve ter uma base muito oleosa como deve ajudar a regular a oleosidade natural da pele, e ainda a diminuir manchas cicatrizes de acne, ao mesmo tempo que estimula a produção de colágeno e minimiza rugas.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

3 passos essenciais na rotina anti-idade da mulher jovem

De acordo com a Dra. Lilia, existe uma tríade muito importante que deve ser aplicada na rotina de cuidados com a pele:

1- Ácidos: o uso de ácidos como: ácido retinóico - estimula a produção de colágeno e a renovação da pele -, ácido salicílico - regula a oleosidade e melhora as linhas finas e manchas mais superficiais -, ácido glicólico - excelente em estimular a renovação e o clareamento da pele -, e o ácido dióico que reduz a oleosidade e ajuda a clarear as manchas. O uso de ácidos pode ajudar a manter a pele jovem, ajudar a reduzir a oleosidade em excesso e proporcionar uma tonalidade uniforme e radiante. Outro ácido também muito utilizado na dermatologia é o ácido hialurônico, ele atua na sustentação e preenchimento da pele, além de ter um potente efeito hidratante.

2- Antioxidantes: a vitamina C, Vitamina E, resveratrol, arroz roxo e o ácido ferúlico são alguns deles. Os antioxidantes são essenciais para manter a pele protegida e saudável. Combatem os danos causados pelos agressores ambientais do dia-a-dia, impedindo o dano a pele e, ainda, podem promover outros benefícios, um exemplo é a Vitamina C que além de ser um antioxidante muito prescrito pelos dermatologistas ainda ajuda no clareamento e na luminosidade da pele, mantendo-a com visual jovem e saudável. Os antioxidantes devem ser usados preferencialmente pela manhã, antes do filtro solar.

3- Filtro solar: o produto precisa ter FPS 30, no mínimo, proteção contra UVA e UVB e, se possível cor. Ele é importantíssimo na proteção da pele e contribui para o resultado dos cuidados anti-idade, sendo capaz de prevenir o envelhecimento precoce. Deve ser usado diariamente, mesmo em dias nublados, de frio ou chuva!

Confira outros cuidados que previnem o envelhecimento precoce da pele jovem

Além dos cuidados diários com a beleza, através de tratamentos e o uso de dermocosméticos, existem outras ações que podem prevenir os primeiros sinais da idade. Por exemplo, a má alimentação, a não remoção da maquiagem e o tabagismo devem ser evitados a fim de prevenir alterações na pele. Portanto, lembre-se sempre:

- Adote uma dieta balanceada, colorida e rica em antioxidantes, que ajudam a prevenir o envelhecimento.

- O uso de maquiagem não é prejudicial, mas é necessário limpar a pele antes de dormir.

- O tabagismo aumenta a produção de radicais livres e acelera muito o surgimento de manchas e rugas.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.