A exposição solar excessiva pode agredir a pele de diversas maneiras, desde o surgimento de manchas, envelhecimento precoce, até o câncer de pele. Proteger-se da radiação pode parecer trabalhoso, mas é muito simples. O DermaClub conversou com a dermatologista Flávia Addor, da cidade de São Paulo, que explicou a importância de usar o filtro, como ele deve ser aplicado e como se dá a proteção ideal nos dias ensolarados. Confira a entrevista e inclua a prática em sua rotina!

Entenda a importância de usar filtro solar

Segundo a médica, a radiação solar causa diversos danos já conhecidos. “Ela estimula desde o envelhecimento precoce até o câncer da pele, que podem ser prevenidos com o uso adequado do protetor”, concluiu, afirmando que os cuidados tanto no verão quanto no inverno devem ser os mesmos. “A diferença vai ser notada na atitude de se expor ou não. No verão, normalmente estamos mais expostos, os dias são mais longos. Porém, a proteção deve ser igual”, concluiu.

Dermatologista explica como é a proteção ideal

Para a especialista, a fotoproteção é um conjunto de atitudes. “Além do filtro solar de FPS mínimo igual a 30, evite horários de pico, procure sombras e abuse dos chapéus com abas largas e óculos escuros. Unir cuidados é a melhor maneira de se proteger”, atentou, lembrando que o ideal é se manter de baixo de barracas de tecido, pois absorvem mais a radiação do que as feitas de nylon.

Saiba como o filtro solar deve ser aplicado no dia a dia

De acordo com a sociedade brasileira de dermatologia, o FPS mínimo para uma proteção adequada deve ser maior ou igual a 30, mas, como alertou a dermatologista, o produto deve ser passado generosamente. “O que indico aos meus pacientes é uma aplicação dupla, cerca de duas miligramas por centímetro quadrado. Isso nada mais é que passar o produto duas vezes. Além disso, ele deve ser reaplicado a cada duas horas quando há exposição direta ou após mergulhos e exercícios”, indicou, afirmando que, para os retoques, filtros em spray são práticos e ótimas opções para levar para praias ou piscinas.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.