A maquiagem faz parte do dia a dia de muitas mulheres que costumam incluir em suas rotinas itens como base, corretivo, blush, delineador, máscara de cílios e batom. Além deles, é importante acrescentar ao ritual de cuidados um produto fundamental para deixar a pele saudável e limpa: o demaquilante. Deve-se usá-lo sempre antes de dormir para que o rosto fique livre dos cosméticos usados durante todo o dia e respire. Saiba tudo sobre o dermocosmético, desde como escolher até como fazer a limpeza noturno da cútis. Confira!

Quais são os tipos de demaquilantes e como escolher o produto ideal?

A indústria cosmética desenvolveu diversos tipos de demaquilantes a fim de facilitar a vida da mulher - e dos maquiadores! -, além de itens específicos para cútis diferentes. Os produtos disponíveis no mercado são focados em texturas distintas. Os mais ‘pesados’, geralmente em versões oleosas e bifásicas - mix de óleo e líquido -, são destinados à região dos olhos para remover máscaras de cílios e delineadores á prova d’água, por exemplo. Já para toda a face, existem os aquosos, em creme, loções e lenços.

Segundo a maquiadora, o primeiro passo para escolher o dermocosmético ideal é descobrir seu tipo de pele - normal, seca, oleosa, mista ou sensível. A principal dica é não aplicar o produto oleoso exclusivo para os olhos em todo rosto. Assim, evitamos que a área tenha alguma reação, como espinhas.

Produtos essenciais na rotina de cuidados além do demaquilante

Além da remoção adequada do make, outras etapas devem ser inseridas nos cuidados noturno. Logo depois do uso do demaquilante, podemos lavar o rosto com gel, mousse ou sabonete específico para o tipo de pele. Em seguida, uma bruma de água termal é indicada para acalmar e hidratar. Ainda podemos acrescentar o creme anti-idade para precaver contra os sinais do tempo.

Consulte sempre o seu dermatologista, pois é o especialista ideal para indicar o melhor demaquilante para o seu tipo de pele e necessidades! 

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.