Com a chegada do verão, é inevitável: as altas temperaturas obrigam a que a pele do corpo fique mais exposta. Vestidos, shorts, biquínis, maiôs… Embora a ideia de migrar para um guarda-roupa mais fresco pareça excelente, muitas pessoas ainda têm receio de usar essas peças por conta da aparência das suas pernas. Estrias, pelos, celulite... Para turbinar a autoestima e derrubar todas as inseguranças, o DermaClub reuniu alguns dos tratamentos mais procurados para exibir pernas lindas e arrasar no verão. Confira!

1. Depilação a laser

Para quem deseja se livrar dos pelos de forma definitiva, a dica é investir na depilação a laser. O procedimento elimina mais de 90% dos pelos, sendo necessárias cerca de 8 a 10 sessões para eliminá-los totalmente da região tratada, seguidas de apenas 1 ou 2 sessões anuais, como forma de manutenção. As sessões de manutenção são indispensáveis, já que as células podem se regenerar e oferecer condições para o crescimento do pelo novamente. A depilação é mais indicada para pessoas que têm pelos grossos e escuros, e pode ser feita em várias partes do corpo, como pernas, virilhas, axilas e buço.

Já conhece o clube de vantagens DermaClub? Com ele, você terá muito mais motivos para cuidar da sua pele. Acesse o link, cadastre-se no programa e aproveite os benefícios!

2. Drenagem linfática

Uma boa forma de amenizar o inchaço das pernas em dias muito quentes é apostar na drenagem linfática. Por ativar a circulação sanguínea e combater a celulite, o tratamento é indicado para diminuir a retenção de líquidos. A massagem, que desintoxica o sistema linfático, pode ser feita manualmente ou com o uso de aparelhos.

No entanto, é importante lembrar que, quando a pessoa deixa de fazer a drenagem, a retenção de líquido volta. Por isso, para ter conseguir bons resultados, o processo deve ser feito frequentemente. Inclusive, você mesmo pode aprender os movimentos e fazer o tratamento todos os dias em casa. Ou, caso você prefira fazer com um profissional, pode ser de uma até três vezes por semana.

3. Tratamento de estrias

As estrias surgem devido ao rompimento das fibras de colágeno e elastina na pele. No início, podem ter cor avermelhada e são mais facilmente curadas. Mas, com o passar do tempo, as estrias ficam claras e mais difíceis de serem tratadas. O peeling de cristal é uma opção para quem busca o tratamento de estrias: a técnica consiste em esfoliar a pele com microcristais, reduzindo o tecido conjuntivo e estimulando a produção celular.

É usado um aparelho que promove a sucção da pele, por meio de uma ponteira, enquanto são liberados cristais na mesma região. Além de cuidar das estrias, o peeling de cristal pode ser usado no rosto para melhorar cicatrizes de acne e foliculites. O processo é usado ainda como ação antienvelhecimento. As sessões duram, em média, 20 minutos e são necessárias no mínimo três.

4. Carboxiterapia

Outra saída para quem busca diminuir as estrias é a carboxiterapia. O processo é realizado com injeção de gás carbônico sob a pele, e o resultado melhora a oxigenação celular e a circulação sanguínea na região. A carboxiterapia é invasiva e um pouco dolorosa, entretanto, a dor é passageira e os resultados são duradouros. Já o número de sessões vai variar de acordo com o objetivo a ser alcançado. Mas é importante ressaltar que somente o fisioterapeuta especialista em dermatofuncional pode realizar a técnica.

5. Radiofrequência

Um dos tratamentos mais procurados para diminuir a celulite é a radiofrequência. A técnica usa correntes de alta intensidade para produzir calor no tecido abaixo da pele e age sobre a celulite e as gorduras localizadas, melhorando o metabolismo e a aparência da pele. Além de ajudar no tratamento da celulite, a radiofrequência melhora a flacidez da pele, reduz rugas e trata de cicatrizes de acnes e estrias. O processo não é invasivo e deve ser feito de 3 a 10 vezes, variando de acordo com o caso.