O pelo corporal incomoda muitas pessoas, principalmente, mulheres. Assim, o hábito de fazer depilação com cera se tornou um dos métodos de estética mais comum. No entanto, a dúvida que está sempre presente é se o uso de cera quente pode causar manchas e escurecimento na pele. É mito ou verdade? O Dermaclub conversou com a dermatologista Christiane Gonzaga, do Rio de Janeiro, e conta tudo para você!

O que ocasiona o escurecimento da pele na depilação com cera?

De acordo com a médica, “o escurecimento acontece devido à alta temperatura da cera, que pode queimar peles mais alérgicas e sensíveis, causando manchas”. A Dra. Christiane também explicou que esse efeito pode estar relacionado à exposição solar em áreas sensibilizadas, pois o processo de retirada de pelos remove também a proteção natural da pele.

Veja quais devem ser os cuidados antes e depois da depilação com cera

Para a dermatologista, é imprescindível evitar o uso de ácidos nas áreas depiladas - especialmente no buço, que é uma região bem sensível e costuma estar mais exposta aos raios solares. Assim, o indicado é usar diariamente um protetor solar nas áreas expostas do corpo. Ah! E o FPS deve ser, no mínimo, 30 e a aplicação a cada duas horas.

Cuidados necessários para evitar o escurecimento da pele

Segundo a médica, uma das dicas mais importantes para não manchar a pele depois da depilação é evitar ir à praia ou piscina nos três primeiros dias após o processo. Além disso, a hidratação deve ser outro passo a não ser esquecido. “Mantenha a nutrição de todo o corpo por meio da ingestão correta de água e de produtos tópicos. Assim, é possível evitar também a foliculite, uma das principais causas das manchas”, disse.

Quais são os tratamentos possíveis para o clareamento da pele?

Atualmente, existem ótimos tratamentos disponíveis para o clareamento de diversas partes da pele, como buço, axilas e virilhas. Cremes com substâncias clareadoras e lasers são excelentes alternativas para as manchas, por exemplo. Por isso, não deixe de procurar um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia para que ele indique o melhor tratamento e procedimento para o seu caso.

*Os dermatologistas especialistas são consultados como fontes jornalísticas e não se utilizam deste espaço para a promoção de qualquer produto ou marca. Para saber qual é o tratamento ideal para a sua pele, consulte um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia.